Ou há eleições no país ou há eleições no PS

Não é meu costume concordar com o João Galamba, mas desta vez parece-me que tem toda a razão. Assinar um entendimento com PSD e CDS-PP, neste momento, seria o suicídio político de António José Seguro. Seja qual for o entendimento de que estamos a falar.
A verdade é que neste momento não há grandes sinais sobre a decisão a tomar por Seguro, que neste momento está a comportar-se como uma verdadeira puta política. Deita-se com o PSD e com o CDS-PP, deita-se com o Bloco de Esquerda e, na 5ª Feira, vai deitar-se com Heloísa Apolónia.
Uma coisa é certa: Seguro só não será o próximo primeiro-ministro se não quiser. E outra coisa: se não houver eleições no país por Seguro decidir assinar seja o que for, vai haver de certeza eleições no Partido.
Pelas afirmações de hoje do João Galamba, parece que já encontrámos o Marco António do PS…

Comments

  1. adelinoferreira says:

    Ricardo, percebo o teu comentário.
    Acho no entanto, que se não houver
    acordo e o governo continuar em funções e tomar a decisão de cortar
    os 4.700 milhões o povo vai saír à rua.


  2. Não sou do PS , nem de Partido nenhum , nem sequer voto e admito que Seguro não seja um grande político , mas creio que será um mais um erro enorme na política se houverem eleições
    para já no PS , porque estou convicto de que tudo está a ser preparado para o depravado e corrupto Socartes e ou o seu
    grupo , voltem a tomar conta do País , para arruinarem com-
    pletamente o que resta .

    É verdade que este governo tem sido um desastre total , mas é
    preciso não esquecer que foi o Sócrates e seu grupo que inicia-
    ram a destruição do País , mas parece que o Povo tem fraca e
    curta memória .

    Aqui fica o aviso , no qual é preciso insistir , senão corremos o
    risco de ter mais um Governo de gamantes repetentes e do tipo
    Ai os homens , propício para uma CORRUPÇÃO inolvidável ..

  3. murphy says:

    Quem quiser manter um contacto mínimo com a realidade (processo a que o PS se viu obrigado na última semana), como pode pensar que é possível algum acordo com o BE ou PCP?!

    http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/07/afinal-em-que-pais-alguns-pensam-que.html

    • nightwishpt says:

      Claro que não havendo direito para uns, também não há para os outros. Qual é a estranheza?

  4. edgar says:

    Da CEUD em 1969, salvo erro, no que chamou Primavera marcelista, até aos dias de hoje, o PS sempre fez coisas destas. Faz parte da sua natureza. Sempre que a direita começa a ficar derrotada, lá aparece a mão do PS ….
    Desta vez a reviravolta foi demasiado rápida.
    Bem avisava o Jorge Coelho: “Espero que o PS não faça o contrário do que tem dito nos últimos meses…”

    • adelinoferreira says:

      O comentário do Santos Silva
      ontem na tvi é o retrato fiel
      do saco de gatos que é o PS.
      O PS do SSilva,Seguro,Assis,
      Coelhone e daquela joia que
      não me lembra o nome e que
      quando da sua candidatura a
      presidente da Camara de Setubal
      considerou o PC igual ao PSD,
      alguma vez faria um governo de
      esquerda.Essa gente tem os braços
      ao contrário.Eles estarão ligeiramente
      à esquerda do presente PSD, que
      por sua vez consegue estar à direita
      deste CDS que ultimamente tem
      vergonha de dizer o resto Partido
      Popular. Os nomes que eles (os três)
      inventam para enganar os portuguêses.


  5. Não há tempo nem espaço para demonstrar em toda a sua extensão o cinismo, o deboche e a falta de honestidade, de senso, de vergonha e a canalhice da direita em Portugal! Não me recordo de um único representante da direita, fosse em que forum de debate, exprimir-se contra a tremenda sacanice, irresponsabilidade vergonhosa e ganância abjecta que significou o chumbo do PEC 4, na altura devida. Todos eram a favor. Todos queriam Sócrates fora a todo o custo sem olhar a consequências para o país dessa atitude de verdadeira traição do de cumbar o acordo que tinha sido alcançado para evitar que o país fosse forçado a adoptar o modelo da troika. Ninguém quis saber. Todos bateram palmas como se o programa imposto fosse a tempestade que iria varrer os corruptos e regenerar o país. Uma ideia tributária daqueles que chamavam a “isto” a “piolheira” sendo a troika o champô desinfectante. Enfim, comportaram-se nos últimos dois anos como burgessos ignorantes e preconceituosos e viram as vossas ideias mesquinhas e profundamente estúpidas ruir. Viram a as negociatas abjectas entre os homens de negócios do governo e os homens de negócios das “elites” corruptas do país. Vimos o governo vergar-se vergonhosamente aos credores fazendo do país uma prostituta que vende a sua dignidade em troca de privilégios para os mesmos de sempre. A merda subiu a tal ponto que já nem o “quinta coluna” Gaspar e o Paulinho dos submarinos a conseguiam suportar. E agora que nadam no lodo, que rebolam no esterco da imundice por vós próprios criada querem ajuda do Partido Socialista. Não ajuda para negociar um acordo com a UE que seja melhor para o país. Não um acordo para tornar o pagamento da dívida sustentável e para abrir margem a políticas que pelo menos estanquem a sangria de desemprego, de falências, das receitas fiscais, que nos permita ajudar que está na miséria ou para lá caminha. Não. Querem ajuda para despedir funcionários públicos, para cortar mais salários e pensões, para dar mais uma machadada no estado social, Para destruir ainda mais a confiança, as possibilidades de desenvolvimento, para continuar a colocar os portugueses uns contra os outros, para continuar a fazer os pobres pagar a crise dos banqueiros e as prebendas dos boys da direita. Em suma querem ajuda para rebentar definitivamente com o pouco que resta da democracia da decência da cultura. Vão ser cínicos para a quinta pata do cavalo!

  6. José António says:

    Oh DS, tenha dó, mas o filme que está a comentar – admito até com rigor e verdade – já passou nos ecrãs das nossas vidas, num passado muito recente, embora com outros protagonistas, que de salvadores tinham zero.
    Por acaso ainda não se apercebeu que se trata de uma só e única corja, especialista na manipulação e na mentira, com pequenas nuances na filhadaputice?
    Acredita no PEC 4 e na nossa senhora de Fátima também?


  7. Claro que isto tudo é um deboche iniciado com muita força pelo
    depravado e corrupto socartes , que estes vieram incrementar mais , com o truque de acabar com a corrupção , quando todos
    eles estão comprometidos até mais não . Nunca acreditei na troupe anterior e nesta também não.
    Ao duo Sócrates e Paulo Campos seguiu-se o dueto Passos
    e Relvas , mais um fartar vilanagem .
    São os serissíssimos com todo o explendor patrocinados no
    negócio sujo da política . .
    l

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.