Sobre a prisão preventiva

Sócrates queixa-se de não ter sido julgado. Porque pedir provas e concretização da acusação,  permitindo-lhe a defesa, como ele invoca para justificar a ilicitude da sua prisão preventiva,  é o processo de julgamento.

Se se seguisse a linha de pensamento de Sócrates, então não existiria o conceito de prisão preventiva, já que só se poderia prender estando reunidos os elementos da acusação. Nesse caso, podendo-se iniciar o julgamento, não faria sentido o iato da prisão preventiva. Por outro lado, ao se prender preventivamente e apresentado acusação parcial, como gostaria Sócrates que tivesse acontecido, nada impediria o acusado de apresentar defesa, dando início ao julgamento antes de a investigação estar concluída, o que é insustentável.

Não existe notícia, portanto.

Em todo o caso, se esta é a convicção de Sócrates, então teve 7 anos para mudar a lei, sujeitando-se ao escrutínio do meio jurídico, tal como até o fez no regulamento que aprovou quanto às visitas e encomendas que pode um preso receber.

O que devemos de facto perguntar é porque é que Portas não foi preso preventivamente, quando até é sabido do raide que fez ao processo dos submarinos, durante a famosa sessão de fotocópias.

Comments

  1. joao lopes says:

    toda a gente sabe que o portas é uma vitima do sistema assim como o seu partido politico.o portas nunca queimou fotocopias,o portas não sabe quem é o “jacinto” ,e se não acreditam leiam o “CM”.o “CM” diz a VERDADE:o socrates não se pode defender ou dàr entrevistas porque é de certeza culpado:diz o “cm” ,e tal como tudo o que vem na internet é verdade,tudo o que vem no CM é verdade.ja agora,não vem no CM mas é verdade:o bruno de carvalho ou o riciardi são a katastroika do sporting,assim como o portas é a katastroika de portugal


  2. O Sócrates queixa-se de estar a ser julgado na praça pública! Por isso respondeu a perguntas numa das maiores praças públicas do País: o telejornal da TVI. De que se queixa o Sócrates?


  3. Reblogged this on O Retiro do Sossego.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.