Pretende enriquecer? Dedique-se à aldrabice bancária

UBS

Como fazer: adquira um banco, se possível grande demais para cair, contrate meia dúzia de corruptos, preferencialmente políticos caso venha a precisar de um resgate patrocinado pelo dinheiro do contribuinte, e inicie já a sua carreira na área da aldrabice bancária. A aldrabice bancária, ao contrário de outras formas de aldrabice convencionais, permite-lhe a utilização de várias técnicas e/ou instrumentos considerados pouco éticos ou mesmo ilegais mas nada disso interessa. O que interessa mesmo é que você lucre, doa a quem doer. Caso surja algum problema de natureza legal ou financeira, basta colocar um dos seus corruptos a funcionar. Não existem garantias de imunidade absoluta pelo que poderá ter que participar numa encenação judicial em que o seu bom nome será colocado na lama com a mesma velocidade a que os seus bens serão colocados no nome da sua esposa ou filho. Não desespere. Trata-se de uma situação passageira. Em pouco tempo estará de volta ao seu iate.

Sugestões:

1. Dedique-se à evasão fiscal. A plebe poderá ficar ligeiramente enfurecida mas nada que o tempo e o entretenimento não curem. Ainda por cima é legal;

2. Manipule taxas interbancárias. Poderá até vir a pagar uma multa considerável. Mas nada que os seus imensos lucros não possam cobrir;

3. Manipule o mercado cambial. Poderá repetir o processo vezes sem conta e o pior que lhe poderá acontecer é ser apanhado uma vez e pagar um multa simbólica. Meros danos colaterais que poderá facilmente absorver. Peanurs como diria Jorge Jesus;

4. Manipule o mercado cambial outra vez. Repetitivo? Não importa: foque-se em ganhar dinheiro. E ainda que a multa possa ser um pouco mais pesada, aquilo que irá ganhar valerá sempre a pena.

No final do dia, o que tem a perder? Umas quantas multas no valor de umas quantas centenas de milhões de euros? E o que é isso à beira de ver crescer os seus lucros nestes tempos difíceis de austeridade? Imagine que consegue aumentar os seus lucros em cerca de 900 milhões de euros em apenas um trimestre? Vale a pena não vale? Então não perca mais tempo e junte-se já a esta onda de empreendedorismo do futuro. Se ligar já, receberá ainda uma inspiradora e motivacional cópia do discurso de Pedro Passos Coelho em Aguiar da Beira, com o qual poderá aprender, através do testemunho real do primeiro-ministro, não apenas como ignorar a memória colectiva da fraude bancária, substituindo-a pelo elogio amigo, especial e sentido, mas também como não ter um pingo de vergonha na cara e mesmo assim parecer imaculado aos olhos de uma considerável fatia da população. Não perca tempo: aldrabe ainda hoje!

Comments

  1. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Uma excelente e humorística resenha da “mão de Deus” que paira sobre a cabeça dos nossos corrutos políticos.
    Em todo o caso, Humor Negro.

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Claro que quis dizer CORRUPTOS !!!

  3. NIKO says:

    excelente comentário Srº João Mendes. vou inscrever-me no PSD.e tentar ser um bom gestor e empreendedor e seguir os conselhos do srº primeiro ministro.


    • Não tem necessariamente que ser no PSD Niko. Aliás, nem precisa de militar num partido. Ainda que um ou outro amigo lá dentro possam dar jeito 🙂

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.