Estilhaços da esquerda grega contra Tsipras

Corrente de Esquerda, Renovação Comunista, Organização de Reconstrução Comunista (grupo de antigos militantes do KKE), Esquerda Socialista (grupo de antigos militantes do PASOK que estão no Syriza), Esquerda Operária Internacionalista, Recomposição de Esquerda, Grupo Anticapitalista de Esquerda, Luta Operária (rede de militantes do KKE), etc., assinaram ontem um manifesto anti-memorando. (fonte)

Comments

  1. Maquiavel says:

    Todos juntos esses grupelhos devem valer 1% nas urnas.

  2. Rui Silva says:

    Espero que no programa desta agremiação partidária esteja a saída do euro, caso não consiga acabar com a austeridade imposta pela Europa. Caso contrário terá que fazer outra ve o referendo que já foi feito…

    cumps

    Rui silva

  3. Sarah Adamopoulos says:

    É claro que a saída do euro está nesse programa. Mas esta divisão da esquerda só serve os neoliberais que se preparam para retomar o poder na Grécia. É como cá, com a coligação informal de interesses distintos que parece haver entre o PAF e a CDU, numa certa medida, por sectarismo endémico e radicalismo ideológico dentro da esquerda.

    • Rui SIlva says:

      Usar a palavra liberal num contexto politico do pais mais socialista da da CE não faz sentido

      RS

  4. Sarah Adamopoulos says:

    Referia-me à Nova Democracia…

    • Rui SIlva says:

      Ok, não estou á altura de argumentar, não conheço a NovaDemocracia.
      Mas se esse partido NovaDemocracia já esteve no poder,não tomou medidas liberais.

      cumps

      Rui Silva

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.