Pedro Passos Coelho ataca Paulo Portas no discurso de tomada de posse

PassosCoelho-PauloPortas

No seu discurso de tomada de posse, o novo e aparentemente precário primeiro-ministro Pedro Passos Coelho aproveitou o momento para lançar umas farpas à direita, num ataque claro e cerrado a Paulo Portas e ao episódio de 2013, que começou com uma demissão irrevogável e terminou com Portas promovido ao recém-criado cargo de vice-primeiro-ministro:

Ninguém deve arriscar o bem-estar dos portugueses em nome de uma agenda ideológica ou de ambições políticas pessoais ou partidárias‘.

Portas arriscou o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder para parafrasear o individuo, e Passos Coelho parece não ter ainda perdoado o responsável pela subida dos juros da dívida para a casa dos 8% e pelas perdas de 2,3 mil milhões de euros sofridas pela bolsa de valores portuguesa no Verão de 2013. Nada que não se resolva: ao que tudo indica, a próxima demissão de Portas será mesmo irrevogável.

Comments


  1. É a tal situação de o António Costa desde a campanha até parecer fazer parecer o Portas um gajo honesto em comparação… 😉


    • Uau. É preciso ter muita admiração pelo Irrevogável para fazer um comentário destes. E eu que pensava que vocês não existiam 🙂


  2. Não mistures alhos com bugalhos…

    O Costa (como bem sabes) quer deitar por borda fora o fascismo instalado e faz muito bem…
    O monárquico colorido quer é poleiro e quanto mais alto melhor.

  3. Manuel Santos says:

    Prévio registo de interesses: não tenho filiação partidária, nunca tive, e não pretendo ter. “Portas arriscou o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder”?!!! Estou totalmente de acordo. Aliás, lamento, como ignorante cidadão, verificar que esta personagem ainda consegue, hoje, ser um político no activo. Agora, tendo a certeza que me vão dar uns PàF’s e chamarem-me de porco fascista e outros mimos que tais, diga-me, caro João Mendes, se não tenho o direito de, agora, também afirmar que “o Costa arrisca o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder”?!!!

    • Nightwish says:

      Tem o direito, mas é um disparate.


    • “Costa arrisca o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder”

      A comunicação social e os comentadores enchem a boca e deitam cá para fora esta ideia supracitada.

      Má análise da realidade: o que os eleitores pediram (e vimos isso nas “arruadas”, em directo,) foi que alguém, com capacidade para o fazer, derrubasse esta coligação que não podem ver nem pintada nem recauchutada.

      Poderão, até, saber que não será rosas e festança.

      Mas as pessoas estavam/estão fartas. Não podem ver mais esta coligação a governar.

      Não é a 1ª vez que os eleitores ficam fartos dos seus governantes. Para isso ainda existem eleições. É a democracia a funcionar. E a política também.

      Chamar agora a esta vontade de mudança “fome de poder” e “ambições políticas pessoais”, é não entender o que se passa.

      O que os eleitores disseram, apesar de toda a manipulação e agit prop, foi que estavam fartos!

      E alguém que entende isto, tem de se chegar à frente e responder aos anseios dos eleitores e cidadãos.


    • O Manuel Santos tem o direito de dizer o que bem lhe apetecer. Agora comparar o que fez o Irrevogável com o que fez António Costa, cuja tentativa de criar uma alternativa de esquerda nem os juros da dívida fez subir, é uma parvoice só ao alcance dos mais ferrenhos abanadores de bandeiras. Tem a certeza que não é filiado?


  4. OOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHHHHH Manel…

    Conheces as Rennie ?
    Já não temos pachorra para PáFs… até fedem…

    • Manuel Santos says:

      Conheço as Rennie, caro, Zé.
      E o caro Zé lembra-se das Alka Seltzer?
      Caro Zé, eu não tenho nenhuma agenda escondida quando profiro qualquer ignorante comentário no Aventar.
      Não me identifico completamente (basta Manuel Santos, por ora), porque sou um insignificante cidadão, não estou ao serviço de ninguém e não estou a acusar ninguém. Se não identificava-me… não vivo a coberto de nada. Sou um mero trabalhador… felizmente.
      Contudo, posso dizer-lhe que no dia 4 de Outubro de 2015, votei no partido que continha no seu programa eleitoral a expressa oposição ao AO90… por uma questão de amor ao meu País e à Língua Portuguesa.
      Mas o caro Zé não se importará então de esclarecer-me se posso ou não afirmar agora, também, que “o Costa arrisca o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder”?!!! Para que possa deixar de feder. Obrigado.


      • Pode sempre tentar apresentar dados concretos que sustentem a sua comparação. De outra forma, desculpe que lhe diga mas fede um bocadinho…


  5. Costa arrisca o bem-estar dos portugueses em função das suas ambições políticas pessoais, da sua fome de poder”?!!! Para que possa deixar de feder.

    Até posso concordar que todos, mas todos os políticos têm fome do poder.
    Coisa que os PáF nunca tiveram…
    Cá para mim, Estado rico povo pobre e ao revés é mais interessante… Não preciso de um estado rico !
    Espero que entenda a minha posição e o desinteresse que tenho em debater estes assuntos com pessoas da extrema direita e,direita…

    • Antonio Santos says:

      Viva o Estalinismo, né Zé!?


      • Uau, faltava o papão comunista. Para quem não queria ser acusado de fascista, foi rápido a abrir as hostilidades.

    • Antonio Santos says:

      Onde vais montar o Golag para colocar a malta de direita? Nas Desertas?

      • Rui Canelas says:

        Auschwitz tb é muito agradável! Ando parvo como em Portugal é forte o saudosismo de outras épocas, não sou comuna mas o fundamentalismo que a esquerda vem ai para comer as criancinhas demonstra bem a cambada de cobardes encefálicos que andavam escondidos… vocês já se deram ao trabalho de ler um pouco da história do século XX e perceberem que a maioria das ditaduras mais atrozes e dementes foram da direita!…e digo mais, o antro partidário da JSD/PSD é um verdadeiro nojo de gente sem carácter e sociopata!


      • Golag? Acho que uma bela localização seria em Gaia, na terra que o Marco António Costa arruinou!


  6. Dizia Passos Coelho há uns anos atrás
    Ainda não chegou a altura de irmos ao pote. (Como eles percebem do pote)
    Isto, aquando da moção de censura do bloco de esquerda.
    Passados quinze dias houve o discurso do Exª presidente da republica aquando a tomada de posse, o qual significou o toque de avançar para a tomada do pote.
    Nessa altura não interessou que o país estivesse numa situação dificil, que os juros estivessem a aumentar, que o Socrates tivesse negociado o Pec IV com a Merkel e o Sarcozy, na tentativa de acalmar os mercados e que o ministro Teixeira dos Santos, avisasse que se chumbassem o Pec não haveria dinheiro, para mandar cantar um cego.
    De nada adiantou, a ansia do poder e a bancarrota do PSd , não olhou a meios para atingir os fins.
    Quanto custou ao país esta vergonhosa atitude e ainda está a custar, pois foi com essa decisão que fomos obrigados a chamar os abutres da Troica?
    E afinal porque é que se chumbou o Pec IV.
    Dizia então o candidato a Primeiro ministro, que o povo não aguentava mais austeridade, nem mais Pecs, e que ele tinha a solução para o problema, que como todos sabemos foi a que se viu. Penso que todos os portugueses já viram o famoso video no you tube “the best of Pasos Coelho”
    A situação ficou tão feia perante a Merkel que eles até fizeram um comunicado em Inglês a dizer que não estavam contra o Pec IIV, nem a austeridade, pelo contrário a austeridade era insuficiente. é preciso ter lata.
    Passados uns tempos veio-se a saber foi o Marco Antonio Costa que empurrou o Passos, ou chumbana o Pec ou sujeitava-se a eleições no partido.
    Ora vejam lá o Marco António Costa, o que estve conjuntamente com o Menezes, na Camara de Gaia e que a deixaram na bancarrota com as negociatas que fizeram.
    Não é a toa que está a contas com a justiça, é claro se ela funcionasse.
    Enfim, são milhões e milhões que os portugueses pagaram e continuarão a pagar por votar nestas mafias há 40 anos, e que tornaram este país num dos mais desiguais da Europa civilizada.
    Eu não voto, pois como dizem muitas personalidades e é o que se vê, são corruptos, e ladrões, por isso sou apartidario.
    Basta ver o que diz o Manuel Monteiro, a Teresa Morgado e o Paulo Morais, que até se dá ao gosto de ir à propria assembleia da republica e chamar-lhes corruptos.
    Só que ao contrario dele eu não digo que não sejam todos porque para mim, se isto é verdade, então são todos, pois tão ladrão é aquele que rouba, como aquele que fica a porta.
    Os portugueses com as suas disputas esquerdas e direitas, ps ou psd têm aquilo que merecem.

  7. Ausente52 says:

    Qual ataque qual carapuça. Aquilo foi um esmagamento, foi um espezinhar do Passos ao Portas.
    Ó Mendes estás a escrever muito mole. Ê preciso agitar a malta.
    Pronto já sei! Vais-me chamar fascista ou neo-liberal que é a mesma coisa.

    • Antonio Santos says:

      ahahah… tiveram mais votos que qualquer concorrente e foram esmagados????
      Esmagado vai sair o PS nas eleições de Verão!!!

      A direita está tranquila, apenas vai de férias e volta em força daqui a uns meses…


    • Não te vou chamar nada. Só se fizeres muita questão!

  8. Manuel Jose says:

    Há uns anos que penso que um destes dois partidos deve desaparecer.
    Penso que estão reunidas as condições para que isso venha a suceder. É muito corrupto a mamar.
    Vejamos, se esta coligação a esquerda e fizerem um bom governo, angariarão muitos votos , mesmo daqueles que são por norma abstencionistas, se falharem, pois, tanto socialistas, como BE e PC correm o risco de serem insignificantes no futuro.
    Por outro lado, me parece que o Assis anda a arranjar lenha para se queimar, porque vai-se afundar a ele proprio e vai afundar o partido.
    Como apartidario que sou, estou curioso por ver este novo governo em ação, os portugueses estão fartos de ver sempre os mesmos corruptos durante estes 40 anos.

  9. Luciano Resendes says:

    É o mesmo o que vai a volta vêm à volta foi o Passos que chumbou o pec 4 e fez cair o governo agora levas com a mesma moeda bem feito chupa e embrulha como se diz em São Miguel