Diálogos de café: o eixo da terra

-Eh, pá, finalmente um dia de sol. Já estava farto de tanta chuva.

-Pois é, parece que a culpa é do anticiclone dos Açores.

-Ouvi dizer que este ano está mais fraquinho…

-Mudou de sítio, pá, o problema é esse.

-Se mudou de sítio não sei, mas lá que tem chovido como o caraças, isso tem. Ouve lá, como é que o anticiclone mudou de sítio?

-Foi o sismo, acho que o do Haiti. Li no jornal que entortou o eixo da terra.

-Entortou o eixo da terra?

-Entortou o eixo da terra e, como ficou todo torto, o anticiclone saíu do lugar.

-Puxa, não admira que o tempo tenha ficado doido. Isto está cada vez pior.

-Já não há volta a dar. Como é que se pode endireitar outra vez o eixo da terra? Nem daqui um século.

-Porra!!! Estamos lixados, pá, a minha sorte é que já não me sobram muitos anos.

Comments


  1. bahh… vai ao lugar com umas marteladas a preceito.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.