deus nos livre de Marco António


O título, claro, é um exagero. Não acho que Marco António seja assim tão mau e nem sequer acredito em deus. Assim como assim, se esse tal de deus não foi capaz de nos salvar de Salazar e de Sócrates, é porque não existe.
Mas a pequena história que aqui deixo diz algo sobre Marco António e sobre o deslumbramento que o poder provoca nas pessoas.
Quando foi Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Segurança Social, no Governo de Santana Lopes, Marco António fez questão – e muito bem – de se instalar na sede do Centro Distrital de Segurança Social, na rua António Patrício, no Porto.
No entanto, pareceu-lhe que a importância do cargo não lhe permitiria ocupar um gabinete normal. Vai daí, requisitou para si e para a sua equipa (metade para cada) o Grande Auditório do edifício – um espaço amplo, com vistas magníficas, que até aí estava destinado à realização de cerimónias e de espectáculos relacionados com a Segurança Social.
Deixou de estar enquanto Marco António ocupou o cargo de Secretário de Estado. E o Centro Distrital de Segurança Social do Norte deixou de ter qualquer espaço para a realização dessas actvidades.
Este episódio vale o que vale e tem a importância que tem, mas não deixa de ser elucidativo quando queremos saber mais sobre o novo membro da direcção do PSD. Alguém que, manda a verdade que o diga, mostrou nestas mesmas funções uma capacidade de trabalho que deve ser elogiada.

Comments

  1. Luís Moreira says:

    Digam-lhe para mudar de nome. Marco António não deixa ninguem ser político.

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: deus nos livre de Marco António: O título, claro, é um exagero. Não acho que Marco António seja assim tão mau e n… http://bit.ly/8YL7sZ […]


  2. […] gabinete remodelado de onde se alcança uma vista esplendorosa sobre o Douro. Desta vez, pelo menos, não repetiu a façanha da sua anterior passagem pela Segurança Social. E assim vamos, cantando e rindo, num dos principais […]


  3. […] gabinete remodelado de onde se alcança uma vista esplendorosa sobre o Douro. Desta vez, pelo menos, não repetiu a façanha da sua anterior passagem pela Segurança Social. E assim vamos, cantando e rindo, num dos principais […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.