Agressões a professores na Secundária de Ermesinde

A Secundária de Ermesinde é uma escola com cerca de 5 mil alunos e com os problemas inerentes a uma população das áreas sub-urbanas da cidade do Porto.
Não é, no entanto, uma escola de intervenção prioritária, porque não tem aqueles casos dramáticos que estamos habituados a conhecer nas escolas situadas em zonas mais degradadas, junto de bairros sociais, etc.
Talvez por isso, foi com estranheza que me chegou ao conhecimento de que, só no último dia de aulas do 2.º Período, foram agredidos 3 professores. Nesse mesmo dia, um quarto professor só não foi agredido porque os alunos seguraram o colega em fúria que não concordava com a avaliação
Num dos casos em que a agressão se consumou, o aluno recusou-se a sair da sala depois de actos de indisciplina gravíssimos. Teve de ser a professora a expulsá-lo, porque não havia funcionários no pavilhão. Acabou por sair, não sem antes gozar com ela e pôr-lhe a mão na cara.
A professora fez a respectiva participação e apresentou queixa na Polícia. Até agora, penso que nada foi feito na Escola relativamente a este e aos outros casos.
É uma Escola onde os Encarregados de Educação têm via directa para o Director. É uma Escola onde o Director recebe os alunos que se vão queixar de que os professores são muito rígidos. É, afinal, uma escola com Director. Uma escola que, nos dias que correm, é igual a tantas outras.

* Nota: Após a publicação deste «post», foi com alegria que soube que a Escola Secundária de Ermesinde está realmente a tomar medidas contra o marginal em causa.

Comments


  1. Quando assim é, já há muito que deixou de ser uma escola. Talvez um poiso, um café ou um bar de esquina. Ou seja, um antro.

    Escola não é, certamente. Infelizmente.

  2. CARLOSSILVA says:

    Esta história está muito mal contada pois o aluno que está envolvido nesta palhaçada, e afirmo mesmo, isto é um palhaçada, é incapaz de magoar um mosca sequer e agride uma professora ? É um dos miúdos mais da “paz” por assim dizendo, mais sossegados no que toca a isso .

    Isto é um escola sim senhora, não são 2 alunos que fazem 1 escola, mas sim 5000. Não se ponham com tretas sobre a escola sem saberem como ela é.

  3. unnamed says:

    Eu sou colega desse aluno aí descrito, e não houve agressão voçes em vez de publicarem merdas que não sabem promenores, só por ouvido é por isso que cada vez mais eu odeio a comunicação social.

    Já que os jornalistas são tão espertos porque estavam á entrada da escola á 1 ou 2 semanas a tentar saber algo?

    Se fossem espertos entravam e falavam com o Director da escola.

    Liberdade de expressão excessiva é que anda para aí.

    E já agora voçês sabem o que é um MARGINAL?

    Marginal é uma pessoal que não tem futuro rouba mata etc.

    Escolham as palavras certas, e em vez de publicarem cenas que nem sequer aconteçeram, vou á procura não só por informações de ouvido!!

  4. Ricardo Santos Pinto says:

    Ó unnamed, aprende a escrever, pá! Deste 7 erros em 10 linhas. Se fosse teu professor, chumbava-te!

  5. Pedro Boaventura says:

    Não, Hunnamed, um marginal é aquele que consegue subsistir pelos seus próprios meios sem necessariamente ter de roubar ou matar. Um marginal mantém-se à margem. Os marginais têm futuro na minha humilde opinião.

  6. Tchik says:

    Acho muito curioso que o “aventador” responsável por este texto esteja mais interessado em criticar os erros que aparecem num comentário do que em publicar informação verdadeira.

    Todo este exagero é para que?
    Para aumentar a popularidade do blog?

  7. Unnamed says:

    Oh RICARDO E SE FOSSES para c****

    Não te preocupes com a minha vida escolar porque com ela preocupo-me eu.

    Devias era de te preocupar em teres informações verdadeiras, e não por aquelas que te chegam aos ouvidos!!

    só isso que peço mais nada.

    PS: eu nem sequer sabia que tinha havido mais agressões naquele dia como é que tu soubeste?

  8. olga says:

    Mais uma vez,as notícias são distorcidas.
    Quem conta um conto, acrescenta um ponto!!!!

  9. olga says:

    Ricardo Santos Pinto :Ó unnamed, aprende a escrever, pá! Deste 7 erros em 10 linhas. Se fosse teu professor, chumbava-te!

  10. olga says:

    O “aventador” que criticou, os erros do Unnamed,nem se deu conta do erro que deu também.
    Sabias, que os nomes próprios são escritos com letra maiúscula?

  11. Unnamed says:

    OH RICARDO TU TAMBEM NÃO SABES CONTAR A ESCOLA NÃO TEM 5000 ALUNOS MAS TEM 2500!!!

    APREENDE A CONTAR EU ENSINO-TE 1 DEPOIS VEM O 2 A SEGUIR VEM O 3….

  12. Tchik says:

    Realmente é curioso que “o Tchik” e “a Olga” teclem do mesmo computador… é que obviamente uma casa só pode ter um computador e claro que são casados!!

    O “aventador” Ricardo parece não ser capaz de responder a uma critica mas vá lá, pelo menos ainda arranja um comentário menos feliz para responder.

    ah e já agora.. O Tchik? Não me parece.

  13. olga says:

    Tchik :Realmente é curioso que “o Tchik” e “a Olga” teclem do mesmo computador… é que obviamente uma casa só pode ter um computador e claro que são casados!!
    O “aventador” Ricardo parece não ser capaz de responder a uma critica mas vá lá, pelo menos ainda arranja um comentário menos feliz para responder.
    ah e já agora.. O Tchik? Não me parece.

  14. olga says:

    Olá Ricardo e Luís Moreira sabem o teclado que eu utilizo é exclusivo. Ahahahahahahahah

  15. olga says:

    Coitada da professora, a que posou para a playboy, infelizmente, já não dá para ter vida privada.
    Este pessoal não consegue distinguir as duas coisas.
    Vida profissional e particular!!!!! Que cena…….


  16. esta noticia é mentira pois ando naquela escola escola a varios anos e nunca se passou nenhum tipo de agressao a professores !!


  17. Eu vinha pesquisar sobre a minha escola e encontro esta tristeza e não é a história é a pessoa que escreveu a historia é um ignorante. e ouvir dizer não basta.

  18. Joaquim says:

    E Triste chegar a este ponto…. uma escol escola onde nao exista disciplina , nao tem condicoes para funcionar como deve ser

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Agressões a professores na Secundária de Ermesinde: A Secundária de Ermesinde é uma escola com cerca de 5 mil alun… http://bit.ly/c860VN […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.