Tripas à Sousa Lara

Para ver aqui.

Desta gentinha não rezará a história.

Comments


  1. Alameda Pinto da Costa é que era uma coisa catita!

  2. Luis Moreira says:

    É íncrivel que na segunda cidade do país ainda se pense assim.O único prémio Nobel da Literatura não tem lugar na toponímia do Porto! Talvez o Fernando Madureira, chefe de claque!

  3. maria monteiro says:

    A segunda cidade do país onde quem dirige a Câmara Municipal parece ter um “comportamento de beija-mão”…. Provavelmente deviam querer uma Rua com o nome de BXVI mas como ainda não morreu….

  4. Dario Silva says:

    maria monteiro :
    A segunda cidade do país onde quem dirige a Câmara Municipal parece ter um “comportamento de beija-mão”…. Provavelmente deviam querer uma Rua com o nome de BXVI mas como ainda não morreu….

    Isso do não morreu não importa nada. Conheces Marco de Canaveses? O povo é que “quês”, o povo manda. Se o Ratzi não se importar, já agora, mude-se a Avenida dos Aliados para “Praça Ratzi, o Grande”.
    Qual o critério?

  5. Pedro says:

    Sem fazer futurologia eu atrevo-me quase a garantir que um dia o Porto terá a Rua (ou avenida) j. Saramago.
    Esse dia tornará ainda mais mesquinhas estas personagenzinhas.


  6. Pedro, é a AD na sua expressão mais autêntica. É o que nos espera a nível nacional. Infelizmente, igual ou pior do que o governo do eng.º José.

  7. maria monteiro says:

    Dario, nunca fui a Marco de Canaveses mas, para mim Marco de Canaveses é… a terra onde nasceu Maria do Carmo Miranda da Cunha; a terra do grande templo (Siza/Nuno Higino) e claro… a terra onde se tornou difícil entregar uma carta, procurar uma direcção porque houve um iluminado que decidiu baptizar tudo com o seu nome

    Lembrando Carmen Miranda

  8. Dario Silva says:

    maria monteiro :
    Dario, nunca fui a Marco de Canaveses mas, para mim Marco de Canaveses é… a terra onde nasceu Maria do Carmo Miranda da Cunha; a terra do grande templo (Siza/Nuno Higino) e claro… a terra onde se tornou difícil entregar uma carta, procurar uma direcção porque houve um iluminado que decidiu baptizar tudo com o seu nome
    Lembrando Carmen Miranda


    Cuja estação ferroviária – muito concorrida, aliás – se localiza num sítio chamado Rio de Galinhas.

    Inspirador o caldinho.

  9. graça dias says:

    É preciso lembrar.o marco até passou a existir, como terra, e no mapa. Com o seu ilustre politico… FERREIRA TORRES…! e mais com todos os seus processos, de fazer parrar o transito. graças adeus que ele parrou em coimbra e não chegou cá par estas bandas

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.