Solução Incêndios 2010

Comments

  1. Alfredo says:

    Beati pauperes spiritu. Eu nem precisei de ouvir a segunda parte para me rir de dó, pois lembrei-me logo da Estação Rádio Naval de Apúlia. Passei lá há dias a pé e é uma vergonha aquilo ostentar os dizeres “Património do Estado”. Junto envio link da notícia que saiu há um ano no JN, com fotografias que até beneficiam o cenário, pois ao vivo é muito pior. Revoltante.
    http://jn.sapo.pt/CidadaoReporter/Interior.aspx?content_id=1396053

  2. António Coelho says:

    Estes são os pobre-diabos, os que não são ninguém na sociedade e a quem a sociedade marginalizou. Porquê falar sempre só neles? Para que a sociedade se desculpabilize e possa dormir descansada? Todos os anos ouvimos a mesma ladainha: os incêndios existem porque há criminosos! Somos portanto um país de criminosos. Será mesmo assim? A sociedade não tem culpa? Os governantes não têm culpa? Os propritários das matas que não são limpas nem minimamente tratadas, nem minimamente racionalizadas não têm culpa? Não estaremos com o nosso comodismo habitual a ver o problema ao contrário? Não é a ocasião que faz o ladrão? Se em vez de bombeiros voluntários, existissem sapadores que durante todo o ano vigiassem e limpassem as matas, devidamente pagos, pois claro, não seria preferível e mais barato? Num país com tão grande extenção de matas e floresta compreende-se a existência de bombeiros voluntários? Porque não entregam a educação a professores voluntários ou a saúde a médicos voluntários ou a segurança a policias voluntários?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.