A Múmia (ou Humor Azul-Alaranjado com Humor Negro se Paga)

Mantemos o preâmbulo da Constituição para preservar uma peça arqueológica.

disse Paulo Teixeira Pinto, o monárquico presidente da Causa Real, a quem o PSD confiou a direção da proposta de revisão da Constituição da… República.

Parece-me bem, acho que é uma razão atendível, provavelmente até legalmente atendível (pois podia dar-se o caso de ser atendível, mas ilegalmente). Sou dos que concordam com a preservação das peças arqueológicas.

Ironicamente, sempre que olho para Paulo Teixeira Pinto, fico com a sensação de estar perante uma múmia falante e em movimento. Preserve-se, portanto. A arqueologia nacional agradece, a nação engrandece e por aqui se veria, se dúvidas restassem, quão fascinante  pode a arqueologia contemporânea realmente ser.

Comments

  1. Bem observado, Pedro Correia

  2. Meu caro, sei bem que a tua observação sobre o Paulo Teixeira Pinto não é por mal e é absolutamente inocente mas, infelizmente, estás a olhar para um dos mais brilhantes da sua geração cuja doença o está a limitar fisicamente.

    Para mim, que o admiro, é uma dor de alma. Conforta-me, porém, saber que as suas qualidades mentais continuam substancialmente superiores às da maioria de nós.

    Um abraço.

  3. Pedro says:

    Caro Fernando,
    até este momento desconhecia em absoluto que P.T.P. sofria de alguma doença (uma pesquisa na net elucidou-me).
    Desejo as suas melhoras, natural e sinceramente, mas separemos as águas. O trabalho público que tem desenvolvido, assim como as suas múltiplas declarações mediáticas encontram-se noutro plano e foi, exclusivamente, nesse que foquei a minha apreciação.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.