A ilusão de sermos pais – Notas e Bibliografia

 

a infância dura um dia, metadóricamente falando

  Retirado do meu livro de 2008: A ilusão de sermos pais, aqui e aqui.

 A política do aventar de publicar apenas um texto por autor por dia, fez ruir o meu projecto de entregar cada dia um texto do meu livro A ilusão de sermos pais. No entanto, tem me sido oferecido pelos Senhores gestores publicar o derradeiro capítulo que complementa a todos os anteriores. Este são 1.Prelição, 2. Introdução, 3. A materialidade dos afectos, 4. O real dos pais. 5. A ilusão de sermos pais, 6. Fala que não entende, 7. O Pequeno Pecador. 8. Bibliografia e notas de rodapé, que é este poste.

Escrevi este livro como monografia. Não há escolas de pais, há apenas o facto de sermos pais, o que, no meu ver, é uma ilusão. Somos pais enquanto as crianças são pequenas e precisam de nós, mas, já crescidas, acabam por ser autónomas e ficamos apenas o casal com o que eu denomino o som de um ninho vazio, que é o silêncio e a falta de rir, brincar, ajudar nos estudos, passear com eles. Essa idade dura apenas, metaforicamente falando, um dia na longa cronologia  das nossas histórias de vida. É verdade que, a seguir, aparecem os netos, mas são filhos dos nossos filhos, proibição de entrar. Mas com o meu amigo Daniel Sampaio, inventamos uma estratégia: o dia dos avôs, essa alegria de sermos pais outra vez. Dias que devem ser respeitado, como temos escrito nos nossos livros e textos para os nossos filhos aprenderem que, como pais deles, temos um certo direito, mas com imensos limites: a educação é a que os pais proporcionam e nós, avôs novos ainda, devemos respeitar. É o que falam os autores citados e os comentários de roda pé que explicitam os capítulos entregues, que têm como distintivo, a foto de um bebé em branco e preto. Se os avôs ultrapassam essa licença, comete uma felonia, como tantos avôs que se intrometem na criação dos netos. As notas deste texto e os capítulos publicados, ensinar-nos -hão a respeitar aos nossos filhos adultos.

Obrigado Senhores Gestores por esta licença, não foi fácil escrever o livro e faz parte da minha Cátedra de Etnopsicologia da Infância, que entrego hoje. 

Alcorão, Muhammed, (570?) (632), 1989: Alcorão, Europa – América, Lisboa. Website com comentários. 

Babeuf, Gracchus, 1795: http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Grachus+Babeuf+Le+manifeste+de+pl%C3%A9b%C3%A9iens&btnG=Pesquisar&lr=.  

Bion, Wilfred, 1948-1951: Experiences in groups. Human Relations, reeditado em 1961 pelo Instituto Tavistock como Experiences in Groups, website para informação e debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Wilfred+Bion+Experiences+in+groups&btnG=Pesquisar&meta=   

Bion, Wilfred, 1979 a) A Memoire of the future, Book Two: The Past Presented, Imago, Rio de Janeiro. Website para informação e debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Wilfred+Bion+Memoirs+of+the+future&btnG=Pesquisar&meta=  

Bion, Wilfred, 1997, retirado do texto de R.D. Hinshelwood, website http://psychematters.com/papers/hinshelwood2.htm 

Bion, Winifred, 1967: Learning from experience, Tavistock, Londres. Reeditado Karnac, Londres, 1984 a 2004. Website para debate, mais informação e síntese de obras:  

  

Bion,Wilfred, 1970: retirada, por falta de texto em Portugal, do livro O pensamento clínico de Wilfred Bion, de Joan e Neville Symington, Climepsi Editores, Lisboa. 

Código Civil de Portugal , 2001: Definição de incesto. http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Defini%C3%A7%C3%A3o+Incesto++&btnG=Pesquisar&meta=  

Código Civil Português, 2001, Título 10-Da Filiação, especialmente artigos 1874 a 1876. 

Código Civil Português, 2001: define a relação entre nubentes, de formas diferentes: ARTIGO 1577º. Noção de casamento: 

Código Civil Português, 2001: Estado livre . Este requisito é para demonstrar que os noivos não têm vínculo anterior que impeça o matrimónio Atestado de óbito do cônjuge anterior, quando se trata de nubente viúvo; – Certidão de baptismo para fim matrimonial. Certidão de baptismo para fim matrimonial, de cada um dos noivos. O documento tem validade de 6 meses. Quando não se encontrar o termo do baptismo, providencia-se uma certidão negativa. Neste caso, pede-se o testemunho sob juramento de pessoas de confiança que conheçam o (a) nubente. Não havendo esse testemunho, o(a) nubente deverá ser baptizado(a) sob condição. Comprovante de residência na Paróquia (geralmente contas mensais em nome do noivo ou da noiva, ou de seus respectivos pais). Porém, caso os noivos peçam transferência de Paróquia para celebração do casamento, esta não poderá ser negada. Certidão do Curso de noivo ou Preparação Doutrinal, que é curso de apenas alguns dias. O documento tem validade de 6 messes Recibo do pagamento da taxa de 672,00 reais (*), que pode ser paga 50% na reserva da data da cerimónia e 50% até quinze dias antes do casamento. http://www.cobra.pages.nom.br/bm-casamentoreligdoc.html  

Código Civil Português, versão 2001: artigos 1587 a 1590. 

Código Civil Português, versão de 2001 http://homepage.esoterica.pt/~anabelar/CodigoCivilPortugues.html#_Hlk446308267. 

Código Civil, 2002, Definição de incesto, site de texto e consulta: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Defini%C3%A7%C3%A3o+Incesto++&btnG=Pesquisar&meta=    

Código de Direito Canónico: Define criança como Infante no Cânon 97, &2: “O menor, antes de completar os setes anos, chama-se infante e considera-se que não tem uso da razão; completados os sete anos, presume-se que o tem”. Website: www.dgsi.pt/bsge.nsf/0/ 61b20df8ac73264f80256b80003e25a7?OpenDocument. 

Código de Justiniano, (534) 1888, Editorial Lex Nova, Valladolid. Site com texto http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=C%C3%B3digo+de+Justiniano&btnG=Pesquisar&meta=.  

Código de Justiniano, 534: Retirado en castellano-parte del texto es en latín – de la versión de 1892, de D. Idelfonso Garcia del Corral Livro II, Tomo 4, Código de Derecho Romano, Jaime Molina Editor, Barcelona. Website com texto: http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Codigo+Justiniano+&btnG=Pesquisar&lr=.  

 Código Penal, 1998, Vislis Editores, Lisboa. Website com texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=C%C3%B3digo+Penal+de+Portugal+1998&btnG=Pesquisar&meta=lr%3Dlang_pt Apenas troços de texto e comentários. 

Constituição da República Portuguesa, 2001, Revista em 2004, edição organizada por José Magalhães, Editorial Notícias, Lisboa. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Constitui%C3%A7%C3%A3o+da+Rep%C3%BAblica+Portuguesa+2001&btnG=Pesquisar&meta= texto integral, com texto da revisão constitucional de 2004 http://www.cne.pt/_x.cfm?sec=06010000. 

Constituição Política do Estado Português. Website com texto:http://www.cne.pt/Legislacao/dlfiles/crp_pt2004_integral.pdf Versão de 2004. 

Curso de Etnhopsyquiatrie et d” Etnopsicologie , Enfermagem, Paris, 1999  

Cyrulnik, Boris, 1991: La naissance du sens , Hachette, Paris. Website de debates : http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Boris+Cyrulnik+La+naissance+du+sens&btnG=Pesquisar&meta=  1993: Les nourritures affectives, Odile Jacob, Paris. Website com texto www.chapitre.com/…/desc.asp?source=NEUF& isbn=9782738102157&date_rec=&donnee_appel=&pid= ; 2001: Les vilaines petites canards, Odile Jacob, Paris. Website para informação www.bestofverviers.be/chimio.htm. Há versão portuguesa, Piaget, 2003: Resiliência. Essa inaudita capacidade de construção humana, Lisboa. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF- ou www.bc.furb.br/consulta/recupera_ mfn_referencia.asp?CdMFN=264135 8&q=Boris+Cyrulnik&btnG=Pesquisa+Google&meta=  

ou www.bc.furb.br/consulta/recupera_ mfn_referencia.asp?CdMFN=264135 

Cyrulnik, Boris, 1999: La naisance du sens, já referido e citado in passim nesta parte do texto. 

Cyrulnik, Boris, 2001 : Les vilaines petits canards, obra citada, página 225. 

Cyrulnik, Boris, 2001: Les villaines petits canards já citada, páginas224 e 225, citação composta por mim para o leitor melhor entender a ideia de amor e desenvolvimento, mas com a necessidade de ler a obra… 

Cyrulnik, Boris, 2003: páginas 26 e 28. Por acaso há um website de comentários:  

Cyrulnik, Boris, 2003: Le murmure des fantômes, Odile Jacob, Paris. Há versão portuguesa em Temas e Debates – Actividades Editoriais, Lisboa. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Boris+Cyrulnik.+Les+murmures+des+fantomes&btnG=Pesquisar&meta=. 

Cyrulnik, obra citada, página 19, primeiro e segundo parágrafos invertidos. Website nota anterior.  

 Devereux, Georges, (1972) 1985: Ethnopsychanalyse complémentariste, Flammarion, Paris. Website para debate e informação http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Georges+Devereux+Ethnopsychanalyse+compl%C3%A9mentariste&btnG=Pesquisar&meta=  

Devereux, Georges, (1985) 1975: Ethnopsychanalyse Complémentariste, Flammarion, Paris ; 1961 (1974) Ethnopsychiatrie des Indiens Mohaves, Réédité par Smithsonian Institutions Press, Paris. Site para debate sem texto http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Georges+Devereux+Oeuvres+&btnG=Pesquisar&meta=.  

Devereux, Georges, 1961: Etnopsychiatrie dês indiens Mohaves, Smithonian Institute, USA ou para debate e informação. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Georges+Devereux+Ethnopsychiatrie+des+indiens+Mohaves&btnG=Pesquisar&meta=  

Dez Mandamentos, ver em Wojtila, Karol, 1992: O Catecismo da Igreja Católica, Gráfica de Coimbra. http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Catecismo+da+Igreja+cat%C3%B3lica&btnG=Pesquisar&meta. 

Dias, Jorge, 1996: Os Maconde de Moçambique, IIE, Lisboa. 

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Jorge+Dias+Os+Maconde+de+Mo%C3%A7ambique&btnG=Pesquisa+Google&meta=  

Dolto, Françoise, 1977: L”évangile au risque de la psychanalyse, Volume II, éditions de Seuil. Resposta de Dolto a um comentário de Gérard Sévérin, que conduz a entrevista : « ce jeune prodige lui, est descendu á ses propres “enfers”», páginas 66 e seguintes. Website apenas para bibliografia, recensões e comentários. http://www.google.pt/search?q=Fran%C3%A7oise+Dolto+G%C3%A9rard+S%C3%A9v%C3%A9rin+L%27%C3%89vangile+au+risque+de+la+psychanalyse&ie=UTF-8&hl=pt-PT&btnG=Pesquisa+Google&meta=.  

Dolto, Françoise, 1977: L”évangile au risque de la psychanalyse, dois volumes, Seuil. Site sem texto http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Fran%C3%A7oise+Dolto+L%27%C3%89vangile+au+risque+de+la&btnG=Pesquisar&meta=.   

Dolto, Françoise, 1981 : Au Jeu du Désir. Essais Cliniques, Seuil, Paris. Há versão portuguesa, que uso, Relógio D”Água, 1993. Ou   http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Fran%C3%A7oise+Dolto+Au+jeu+de+d%C3%A9sir&btnG=Pesquisar&meta=  

Dolto, Françoise, 1985: La cause des enfants, Laffont, Paris ou http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Fran%C3%A7oise+Dolto+La+cause+des+enfants&btnG=Pesquisar&meta= , para comentários e debate e troços de texto. 

Dolto, Françoise: textos entre anos 1960 e 1980, reunidos em 1995 pela Gallimard, Paris, sob o título La difficulté de vivre. 

Donald Woods Winnicott, que já nos seus textos de 1969, especialmente De la pédiatrie á la psychanalyse, Petite Bibliotheque Payot nº 253 e L”enfant et le monde exterirur, mesma editora, nº 205, Website http://www.google.pt/search? hl=pt-PT&q=Donald+Woods+Winnicott+De+la+p%C3%A9diatrie+%C3%A0+la+psychanalyse%2C+Petite+Bibliotheque+Payot+n%C2%BA+253+e+L%E2%80%99enfant+et+le+monde+exterirur+n%C2%BA+205%2C&btnG=Pesquisar&meta= também  http://ceor.fastlane.com.br/art_nascer_de_novo.htm . Ou  ceor.fastlane.com.br/art_nascer_de_novo.htm. Para a Revista Pais e filhos ou Viver Psicologia on-line:http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Revista+Pais+e+Filhos&btnG=Pesquisar&lr= ou: www. revistaviverpsicologia.com.br/ site2/detalhe.php?edicao2=124&pag_id=254 –  

 Durkheim, émile, 1912, citado mais em frente. A cerimónia que refiro está nas páginas 327-324 da versão inglesa de 1914, que uso da editora George Allen and Unwin, Londres  

Durkheim, émile, 1912: Les forme élémentaires de la vie religieuse, Félix Alkan, Paris. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=%C3%89mile+Durkheim+Les+formes+elementaires+de+la+vie+religieuse&spell=1 texto completo on line. 

E saiu Caim de diante da face do SENHOR, e habitou na terra de Node, do lado oriental do éden. 

Edwin R Guthtrie, 1989 : De la méthode de tolérance, Curso de Etnopsicologia, Hospital de la Sorbonne, Website  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Edwin+R+Guthrie,+1989+:+De+la+m%C3%A9thode+de+tol%C3%A9rance&spell=1 

Ferenczi, Sandor, 1912: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Sandor+Ferenczi+Arp%C3%A1d&btnG=Pesquisar&meta=. 

Feuerbach, Ludwig, (1848-1849) 1989: A essência da religião, Papirus, Campinas. Website do texto não existe, mas há comentários em: 

Firth, Raymond, 1929: Primitive Economy of the New Zealand Maori, Routledge and Kegan Paul. Website com texto de Les Classiques en Sciences Sociales  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Raymond+Firth+Primitive+economics+of+the+New&btnG=Pesquisar&meta=  

Flavio Josefo: Jerusalén, 37 d JC-?, c. 100) Historiador judío. Fez parte do partido dos. Traiu Roma para defender ao seu povo a sua maneira. Desenvolveu as suas capacidades de sofrimento e criou uma História que até hoje nos domina. Website  

Fortes, Meyer, 1938: “Sociological and psychological aspects of education in Taleland”, in Africa, Suplemento, Volume XI, Nº4 páginas 40 em frente. Website para texto e debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Meyer+Fortes+Sociological++psychological+aspects++education++Thailand&btnG=Pesquisar&meta=  

Foucault, Michel, 1976: L”Histoire de la Sexualité, Gallimard, páginas 56 e 57. Website  http://www.isis.aust.com/stephan/writings/sexuality/vict.htm  

Freud, 1926, Signal d”angoise Website: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Signal+angoisse&spell=1 

Freud, Sigmund, (1912) 1923: Totem et Tabou. Interprétation par la psychanalyse de la vie sociale des peuples primitifs, website com texto. http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/freud_sigmund/totem_tabou/totem_tabou.html  

Freud, Sigmund, (1913 em alemão) 1919: Totem and Taboo. Resemblances between the Psychic lives of the savages and neurotics, George Routledge & Sons.  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Totem+and+taboo&btnG=Pesquisar&meta= Texto em francês site Les Classiques. 

Freud, Sigmund, (1913) 1930: Totem and taboo. Website também em http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+La+malaise+dans+la+culture&btnG=Pesquisa+Google&meta= Ver motor Les Classiques en Sciences Sociales, para debate e texto completo, em francês. 

Freud, Sigmund, 1885, A interpretação dos Sonhos, Publicado em Bremenn em 1885 pela Universidade.Website com texto: psychology.about.com/library/ classics/blfreud_dream8a.htm ou psychology.about.com/library/ classics/blfreud_dream8a.htm 

FREUD & BREUER, Sigmund & Joseph. Sobre o mecanismo psíquico dos fenômenos histéricos: comunicação preliminar (1893) . Estes conceitos são analisados, o primeiro, por Sigmund Freud ao desenvolver em 1885 as ideias de Eros e Thanatos, enquanto o segundo é um derivado dos conceitos de Mélanie Klein nas palavras do seu discípulo Wilfred Bion, citações tratadas nos capítulos seguintes. Bronislaw Malinowski para o Arquipiélago Kiriwina na Melanésia, Maurice Godelier para os Baruya da mesma área, Raymond Firth para a Nova Zelândia, Jorge Dias para os Maconde de Moçambique, Luís Silva Pereira para os Mapuche Rauco do Chile, Sónia Ferreira para os familiares de detidos desaparecidos do mesmo país, e eu próprio, entre outros autores, para os Picunche da Cordillera de los Andes na América Latina. Analisa grupos de Java na Indonésia e outros na Índia, Wilhem Kraepelin no Século XVIII para XIX, com o objectivo de procurar semelhança na causa das doenças denominadas depressivas. émile Durkheim, discípulo do psicólogo Alemão Wilhelm Wundt, entre XIX e XX estuda Australianos, tal e qual Sigmund Freud, discípulo de Jean Charcot durante esse tempo, e outros consignados no texto, como o Antropólogo Marcel Mauss e a sua análise de vária etnias do mundo e o seu comportamento mítico, legal e económico, o seu discípulo Georges Devereux para os Mohave Norte americanos, aos mediados do Século XX, o Húngaro Gézha Róheim sobre Austrália e o Sul-Africano Britânico Meyer Forte, sobre os Ashante da Antiga Costa de Ouro, hoje Ghana, de descendência uni linear – matrimónio entre cruzado entre filhos de irmãos: o primo com a prima; e Margaret Mead em Samoa, especialmente sobre o povo Arapesh, cujas mães procuram mulher para os seus filhos. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Meyer+Fortes+Ashanti&spell=1 Pais todos cuja realidade heterogénea é procurar a reprodução da linhagem dentro das normas culturais. Se uma prima Tallensi da Antiga Costa de Ouro – hoje Ghana -tem o dobro da idade do primo filho de irmã, o matrimónio, combinado por linhas de parentesco por mandato da cultura, realiza-se e o adultério passa a ser proibido para proteger a mulher mais velha, apesar de acontecer com certa cumplicidade parental masculina.  

Freud, Sigmund, 1895: « Ensemble organisé de désires amoureux et hostiles que l”enfant éprouve á l”égard des ses parents… désir de la mort de ce rival qu”est le personnage du même sexe et désir sexuel par le personnage de sexe opposé »Website com texto em:   http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-  8&q=Sigmund+Freud+Le+compl%C3%A9xe+d%27Oedipe&btnG=Pesquisar&meta=. Ou  http://www.iep.utm.edu/f/freud.htm#H4  

Freud, Sigmund, 1905 : On Sexuality, citado dentro do texto. “His theories about sexuality being the center of psychopathology as well as the major drive of all individual developments and dream …”.Website com textos: psychology.about.com/b/a/195449.htm 

Freud, Sigmund, 1905, Three esays on sexuality, Pelican Londres, páginas 120 e seguintes. Website com texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Three+essays+on+sexuality&btnG=Pesquisa+Google&meta=   

Freud, Sigmund, 1905: Drei Abhanlungen  zur Sexualtheorie ou Trois essais sur la théorie de la sexualité, tradução inglesa Sigmund Freud-7-On Sexuality, Pelican, Londres, 1977. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+The+sources+of+infantile+sexuality&btnG=Pesquisa+Google&meta=   

Freud, Sigmund, 1909: Analysis of a phobia of a five-year-old boy, ou também denominado a “História do Pequeno Hans” – Website para análise e para texto: http://www.holah.karoo.net/freudstudy.htm. Diz Freud em parte do texto: ” One of the key themes of Freud work is the importance of the first few years of life in the subsequent development of personality. He also believed that children experience emotional conflicts, and their future adjustment depends on how these conflicts are resolved…” E fala a seguir de uma temática, já muito mudada na sua análise, o denominado complexo de édipo. Daí a ideia dos pequenos vilãos, que desejam matar ao progenitor do sexo oposto e tem ciúmes do de o seu mesmo sexo. Website citado nesta nota. 

Freud, Sigmund, 1910: Introductory Lectures, Viena, e desenvolvido em Totem and Taboo. http://www.sla.purdue.edu/academic/engl/theory/psychoanalysis/definitions/oedipus.html  

Freud, Sigmund, 1913: Totem and taboo. Some points of agreement between the mental lives of savages and neurotics, publicado em inglês em 1918, versão que uso. Website:  

Freud, Sigmund, 1920, traduzido do alemão com a sua revisão: Au-delá du príncipe du plaisir http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/freud_sigmund/essais_de_psychanalyse/Essai_1_au_dela/au_dela_prin_plaisir.html, edição electrónica de 1920, revista a tradução pelo autor: Le moi et le ça. http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/freud_sigmund/essais_de_psychanalyse/Essai_3_moi_et_ca/moi_et_ca.html , edição electrónica on line. 

Freud, Sigmund, 1920: Au-delá du principe de plaisir, versão francesa revista pelo autor de 1923, já referida, define: tradução portuguesa “Além do princípio do prazer”1, trabalho no qual Freud desenvolveu suas ideias sobre pulsao de vida, pulsao de morte, compulsão á repetição, etc. é segundo ele próprio, um trabalho que se nutre de especulação2. A actividade especulativa difere por sua natureza da actividade de raciocinar. Ela permite-nos a suprema ousadia de avançar por espaços desconhecidos, liberando novas formas de pensamento e sensibilidade. Enquanto a Razão no mantém atados ao conceito – abstracção das realidades estéticas – o Pensamento nos fornece ideias que estão fora de senso comum. Eros/Thanatos produtos do pensamento e não da Razão, são ideias e não conceitos“. Retirado do artigo “Eros/Thanatos: uma exegese e uma pragmática de «Além do principio do prazer»”, de Nahman Armony, http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Thanatos&btnG=Pesquisa+Google&meta=.  

Freud, Sigmund, 1929, Malaise dans la civilisation, versão francesa revista pelo autor http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/freud_sigmund/malaise_civilisation/malaise_civilisation.html Texto on-line. 

Freud, Sigmund, 1929: Malaise dans la civilisation, website com texto : http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/freud_sigmund/malaise_civilisation/malaise_civilisation.html. 

Freud, Sigmund, 1938: Der Mann Moses und die Monotheistische Religion ou Moses and Monotheism, http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Moses&btnG=Pesquisar&meta= 

 Freud, Sigmund, e Jean Charcot, 1895: em frente: Um desordem psicológico que converte conflitos emotivos em perturbações físicas http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Sigmund+Freud+Hysteria&btnG=Pesquisar&meta=. 

 Freud, Sigmund, em Website http://directory.google.com/Top/Society/Issues/Children,_Youth_and_Family/Child_Abuse/Sexual_Abuse/ , bem como em Totem e Taboo e 1905: O abandono da infância a sexualidade ou Drei Abhandlungen zur Sexuakltheorie. http://www.iep.utm.edu/f/freud.htm#Infantile%20Sexuality  ou teoria tripartida, retirada das ideias de Platão, as análises clínicas e as suas conclusões do Id, Ego e Superego, onde o ego da criança fica neurotizado. Ver Website http://www.iep.utm.edu/f/freud.htm#Neuroses%20and%20The%20Structure%20of%20the%20Mind ou 

Freud, Sigmund, Psychopathologie de la vie quotidienne, 1901:texto que define as pequenas gralhas normais de realizar no quotidiano, como esquecer nomes, lapsus, erros de leitura e escrita, etc. Website com texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Sigmund+Freud+Psychopathologie+de+la+vie+quotidienne&btnG=Pesquisar&meta= 

García Márquez, Gabriel, 1962: Cien años de soledad , Mondadori, Madrid; 1982. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-  8&q=Garcia+M%C3%A1rquez+Cien+a%C3%B1os+de+soledad&btnG=Pesquisar&meta=     : Crónica de una muerte anunciada Bruguera, Barcelona; 1985, http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Garcia+M%C3%A1rquez+Cr%C3%B3nica+de+una+muerte+anunciada&btnG=Pesquisar&meta=  

Garcia Márquez, Gabriel, 1989: El general en su laberinto, Mondadori, España, página 106. Website  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Garcia+M%C3%A1rquez+El+general+en+ssu+laberinto&btnG=Pesquisar&meta=.  

García, Márques, Gabriel: El amor en los tiempos del cólera, Bruguera, Barcelona. 

García, Márques, Gabriel: El amor en los tiempos del cólera, Bruguera, Barcelona. 

Georges Devereux, (1965) 1977: Essais d”ethnographie générale, Flamarion, Paris 

Giddens, Anthony, 2000: The third way and its critics, Polity Press, Cambridge Grã-bretanha. Website para comentários e debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Anthony+Giddens+The+third+way&btnG=Pesquisar&meta. 

Godelier, Maurice, 1981, La Production des Grands Hommes, Fayard, Paris. Website  www.arte-tv.com/…/Le_20Monde_20des_20Papous/ Rites_20-_20Initiations/220072,CmC=401656.html  

Godelier, Maurice, 1981: La production dés grandes hommes, Fayard, Paris. http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Godelier+La+production+de+grandes+hommes&btnG=Pesquisar&meta=. 

Godelier, Maurice, 1996: Meurtre du Pére, Sacrifice de la Sexualité, Arcanes, Paris, onde mais uma vez a análise do totem como organizador do comportamento sexual, aparece como ordenador das relações paterno – filiais. Para debate: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Maurice+Godelier+Meurtre+du+P%C3%A9re+Sacrifice+de+la+Sexualit%C3%A9&btnG=Pesquisar&meta=  

Goody, Jack, 1966: Succession to High Office (org), CUP; 1971: Technology, Tradition and the State in Africa, Oxford University Press; 1976: Production and Reproduction, CUP; 1977: The domestication of the savage Mind, website para debate:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Jack+Goody+Bibliography&btnG=Pesquisar&meta=  

Herdt, Gilbert, 1982: Rituals of Manhood. Male initiation in Papua New Guinea, University of Califórnia Press; 1984: Ritualized homosexuality in Melanesia, University of California Press; 1987: The Sambia. Ritual and Gender in New Guinea, Holt, Rinehart and Winston, San Francisco. Para debater e saber mais, Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Gilbert+Herdt&btnG=Pesquisar&meta=  

Héritier, Françoise; Cyrulnik, Boris; Naouri, Aldo; Vrignaud, Dominique; Xanthakou, Marguerita: 1994: De l”inceste, Odile Jacob, Paris. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Fran%C3%A7oise+Heritier&btnG=Pesquisar&meta=. 

Heródoto de Alicarnaso: 484-425 a C: o mais importante dos historiadores gregos mais antigos. Website cpm textos dos seus livros sobre a História e a sua Epistemelogia (9 volumes):  http://www.antroposmoderno.com/antro-articulo.php?id_articulo=604  

Hick, John, 1980, Philosophy of Religion, Routlege and Kegan, website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Philosophy+of+Religion+John+Hick&btnG=Pesquisar&meta=  

Hipona, Agostinho, 398: Confissões http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Agostinho+de+Hipona+Confessions&spell=1;409: O Livre Arbítrio http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Agostinho+de+Hipona+Livre+Arb%C3%ADtrio&btnG=Pesquisar&lr=; 412: A Cidade de Deus http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Agostinho+de+Hipona+A+Cidade+de+Deus&btnG=Pesquisar&lr=    

Hopkins, Keith, 1987: “The universality of incest” in Digital Archive of PSYCHOHISTORY, Website para debate e texto:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Keith+Hopkins++The+Universality+of+Incest&btnG=Pesquisar&meta= 

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Feuerbach  

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=+Defini%C3%A7%C3%A3o+Caridade&btnG=Pesquisar&meta=. 

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Boris+Cyrulnik&btnG=Pesquisar&meta=.  

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Fl%C3%A1vio+Josefo+Biografia&btnG=Pesquisar&meta= 

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Drei+abhandlungen+zur+Sexualtheorie&btnG=Pesquisar&meta= Versão inglesa de 1905: Sexual aberrations, Penguin, Londres.  

http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Freud+Totem+and+taboo&btnG=Pesquisar&meta=  

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Garcia+M%C3%A1rquez+El+amor+en+los+tiempos+del+c%C3%B3lera&btnG=Pesquisar&meta=.  

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Her%C3%B3doto&btnG=Pesquisar&meta= 

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Martin+Lutero+Catechism&btnG=Pesquisar&meta= texto: http://www.luther.de/en/.  

 http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Melanie+Klein+Envy+and+Gratitude&btnG=Pesquisar&meta=  

http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Mohamed+Alcor%C3%A3o+on+line&btnG=Pesquisar&meta=. 

http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Torah&btnG=Pesquisar&meta= . 

http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Winifred+Bion+Learning+from+Experience&btnG=Pesquisar&meta=lr%3Dlang_pt. 

Iturra, Raúl, 1972, “El Paro de los conchenchos” Revista do CEAS, Pontificia Universidad Católica do Chile, Santiago.  

Iturra, Raúl, 1989: “Pensamento dogmático, Pensamento positivista. O Governo Letrado das Relações Sociais” in Antropologia Portuguesa, Vol. 7, Museu e Laboratório de Antropologia, Universidade de Coimbra. Este texto foi a base do meu livro de 1990 a) Memória e Aprendizagem. A construção social do saber em Vila Ruiva, Escher, Lisboa, base do conceito debatido por mim da subordinação da criança ao adulto. Website para debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Raul+Iturra+Mem%C3%B3ria+e+aprendizagem.+A+constru%C3%A7%C3%A3o+social+&spell=1 

Iturra, Raúl, 1998, 2000 e 2002, para referir os citados e publicados em Portugal apenas. Pode-se consultar http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Raul+Iturra&btnG=Pesquisa+Google&meta= para debate e informação, especialmente textos publicados no estrangeiro e que estão on-line. 

Iturra, Raúl, 1998: Como era quando não era como sou. O crescimento das crianças, Profedições, Porto. http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Ra%C3%BAl+Iturra+Como+era+quando+n%C3%A3o+era+como+sou.+O+crescimento+das+crian%C3%A7as%2C+Profedi%C3%A7%C3%B5es%2C+Porto.+&btnG=Pesquisar&meta=  

Iturra, Raúl, 1998: Como era quando não era o que sou. O crescimento das crianças, Profedições, Porto; e 2000: O saber sexual das crianças. Desejo-te porque te amo, Afrontamento, Porto. Website nota anterior. 

Iturra, Raúl, 1998: O Imaginário das crianças. Os silêncios da cultura oral, Fim de Século, Lisboa. Tem sido impossível reeditar esse livro tão procurado….Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Ra%C3%BAl+Iturra+O+imagin%C3%A1rio+das+crian%C3%A7as.+Os+sil%C3%AAncios+da+cultura+oral&btnG=Pesquisar&meta=. 

Iturra, Raúl, 2000: “Mulher a crescer, machismo a tremer”, in Jornal A Página, ano 9, nº 94, Setembro. Website com texto http://www.mulheres-ps20.ipp.pt/mulher_a_crescer.htm  

Iturra, Raúl, 2000: O saber sexual das crianças. Desejo-te, porque te amo, Afrontamento, Porto. Website  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Ra%C3%BAl+Iturra&btnG=Pesquisar&meta= 

Iturra, Raúl, 2001: O Caos da criança. Ensaios de Antropologia da Educação, Livros Horizonte, Lisboa, resultado dos meus debates com o meu amigam ausente, Pierre Bourdieu. Website:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Ra%C3%BAl+Iturra+O+caos+da+crian%C3%A7a.+Ensaios+de+Antropologia+da+Educa%C3%A7%C3%A3o&btnG=Pesquisar&meta=.  

Iturra, Raúl, 2002ª) A religião como teoria de reprodução social, Fim de Século, Lisboa e b) A economia deriva da religião, Afrontamento, Porto. Ver nota 11 e 12 Debate e troços de texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Ra%C3%BAl+Iturra+A+religi%C3%A3o+como+teoria+da+reprodu%C3%A7%C3%A3o+social&btnG=Pesquisar&meta=.  

Iturra, Raúl, 2002ª) A religião como teoria de reprodução social, Fim de Século, Lisboa e b) A economia deriva da religião, Afrontamento, Porto. Ver nota 11 e 12 Debate e troços de texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Ra%C3%BAl+Iturra+A+religi%C3%A3o+como+teoria+da+reprodu%C3%A7%C3%A3o+social&btnG=Pesquisar&meta=. 

Jones, Ernest, 1935: The Oedipus-Complex as An Explanation of Hamlet’s Mystery: A Study in Motive, http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Ernest+Jones+Oedipus+complex&btnG=Pesquisar&meta=  

Klein, Melanie (1947) 1973:Psychanalyse d”un enfant, Tchou. Paris. Também Imago, Rio de Janeuro 1991. Website:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Melanie+Klein+Psychanalyse+d%27un+enfant+1946&btnG=Pesquisar&meta=  

Klein, Melanie, 1928: Early stages in the Oedipus complex. Contributions to Psycho-Analysis, 1921-1945 (includes “Early Stages of the Oedipus Conflict 1928” and “The Oedipus Complex in the Light of Early Anxieties, 1945”) (hyperligação para o texto). Website com debates e textos:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Melanie+Klein+Early+stages+in+the+Oedipus+Complex&spell=1  

 Klein, Melanie, 1957, Envy and gratitude, Tavistock, Londres. Versão Lusa Imago, 1991: Inveja e Gratidão, Rio de Janeiro. Texto escrito em inglês no exílio britânico da autora. Website pedagogie.ac-toulouse.fr/philosophie/klein.htm. 

Klein, Melanie, especialmente ao longo da sua obra  Essai de psychanalyse 1921-1945-Payot 1968 ou website http://www.doctissimo.fr/htm1/psychologie/grands_auteurs/ps_1324_melanie_klein.ht , entre outros. Há versão lusa, Imago, 1991, Rio de Janeiro. 

Klein, Melanie, obra citada e, especialmente 1932: Die psychanalyse des Kindes, Vienna, Internationaler Psychoa nalysticher Verlag. Versão inglesa, 1932, Hoggart Press. A obra que uso é La psychanalyse des enfants, PUF, Paris, 1959. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Melanie+Klein+La+psychanalyse+des+enfants%2C+PUF%2C+Paris%2C+1959.&btnG=Pesquisar&meta=  

Kraepelin, Emil, 1904: Psychiatrie Comparée, “Du voyage de Kraepelin aux migrations actuelles. Journal of Mental Science.Website com textos e debate:   http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Emil+Kraepelin+Psychiatrie+Compar%C3%A9e+Journal+of+Mental+Science.&btnG=Pesquisar&meta=  

Lacan, Jacques, 1966 e 2001: Ensembles des Ecrits, Seuil, Paris.  Website com textos : http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Jacques+Lacan&btnG=Pesquisa+Google&meta=    

Levi Makarius, Raoul et Laura, 1961: L”0rigine de l”exogamie, website: http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/makarius_Laura_raoul/origine_exogamie/origine_exogamie.pdf  

Lévi-Straus, Claude : 1952, Race et Histoire, Unesco. Há versão portuguesa, Presença, Lisboa, 1954. Website de texto e debate http://lévi-straus,%20claude%20:%201952,%20Race%20et%20Histoire,%20Unesco  

Lévi-Strauss, Claude, 1961, La pensée sauvage, Plon, Paris. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=L%C3%A9vi-Strauss+La+pens%C3%A9e+sauvage&btnG=Pesquisar&meta=.  

Locke, John, 1682, http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=John+Locke+Tolerance&btnG=Pesquisa+Google&meta=  

Lutero, Martin, 1529: Catechism, Concórdia Publishing House, St Louis, USA. Website com texto:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Martin+Luther+Catechism&spell=1  

 Malinowski, Bronislaw para o Arquipiélago Kiriwina na Melanésia, Maurice Godelier para os Baruya da mesma área, Raymond Firth para a Nova Zelândia, Jorge Dias para os Maconde de Moçambique, Luís Silva Pereira para os Mapuche Rauco do Chile, Sónia Ferreira para os familiares de detidos desaparecidos do mesmo país, e eu próprio, entre outros autores, para os Picunche da Cordillera de los Andes na América Latina. Analisa grupos de Java na Indonésia e outros na Índia, Wilhem Kraepelin no Século XVIII para XIX, com o objectivo de procurar semelhança na causa das doenças denominadas depressivas. émile Durkheim, discípulo do psicólogo Alemão Wilhelm Wundt, entre XIX e XX estuda Australianos, tal e qual Sigmund Freud, discípulo de Jean Charcot durante esse tempo, e outros consignados no texto, como o Antropólogo Marcel Mauss e a sua análise de vária etnias do mundo e o seu comportamento mítico, legal e económico, o seu discípulo Georges Devereux para os Mohave Norte americanos, aos mediados do Século XX, o Húngaro Gézha Róheim sobre Austrália e o Sul-Africano Britânico Meyer Forte, sobre os Ashante da Antiga Costa de Ouro, hoje Ghana, de descendência uni linear – matrimónio entre cruzado entre filhos de irmãos: o primo com a prima; e Margaret Mead em Samoa, especialmente sobre o povo Arapesh, cujas mães procuram mulher para os seus filhos. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Meyer+Fortes+Ashanti&spell=1 Pais todos cuja realidade heterogénea é procurar a reprodução da linhagem dentro das normas culturais. Se uma prima tem o dobro da idade do primo filho de irmã, o matrimónio, combinado por linhas de parentesco por mandato da cultura, realiza-se e o adultério passa a ser proibido para proteger a mulher mais velha, apesar de acontecer com certa cumplicidade parental masculina.Tallensi da Antiga Costa de Ouro  

Malinowski, Bronislaw, (1989) A Diary in the Strict Sense of the Term, Stanford, California: Stanford University. http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+Diary&btnG=Pesquisar&meta=  

Malinowski, Bronislaw, 1919: Baloma; the Spirits of the Dead in the Trobriand Islandas, em http://www.sacred-texts.com/pac/baloma/index.htm 

Malinowski, Bronislaw, 1922: The Argonauts of Southern Pacific, Routledge and Kegan Paul, website para debate e definer conceitos:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+The+Argonauts+of+Southern+Pacific&btnG=Pesquisar&meta=  

Malinowski, Bronislaw, 1926: Sex and repression in primitive societies, Routledge aand Kegan Paul, Londres. Há versão francesa no motor Les Classsiques en Sciences Sociales: http://www.google.pt/search?hl=pt- PT&q=Malinowski+Sex+Repression+Savage+Societies+Les+Classiques+Sciences+Sociales&btnG=Pesquisar&meta=  

Malinowski, Bronislaw, 1926: Sex and repression in primitive societies, Routledge and Kegan Paul Londres. Há versão francesa de 1930 no motor Les Classiques en Sciences Sociales e portuguesa, Vozes, 1973. Website com texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+Sex+and+repression&btnG=Pesquisar&meta= . 

Malinowski, Bronislaw, 1926: Sex and repression in savage societies, Routledge and Kegan Paul, Londres. Website para saber mais: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+Sexuality+and+repression&btnG=Pesquisar&meta= Website com texto on-line, mas data enganada (confunde 1926 por 1921): http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+Sexuality+and+repression&btnG=Pesquisar&meta= 

Malinowski, Bronislaw, 1928: Sexual repression in savage society, Routledge and Kegan Paul, Londres. Website com texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Bronislaw+Malinowski+The+sexual+repression+in+savage+society&btnG=Pesquisar&meta=, ver site Les Classiques en Sciences Sociales para texto completo em francês, 1930. 

Marx, Karl, 1862 e 1863, (1977): Theories of Surplus Value, Oxford University Press. Website http://www.marxists.org/archive/marx/works/1863/theories-surplus-value/preface.htm ou  http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Karl+Marx+Theories+of+Surplus+Value+1862+e+1863&btnG=Pesquisar&lr= .  

Melo, Rosa Maria, 2000: O Rito do Eufuko. A iniciação feminina entre os Handa de Angola, policopeado, Biblioteca do ISCTE. 

Melón, Jean e Stasaart, Martine, 2004: «La contribution du Szondi á l”Ethnopsicologie », em website, com texto e comentários http://www.Szondiforum.com/szondiet.htm 

Miller, Alice, (1987 em alemão) 1990: For your own good. The roots of violence in Child-rearing, Virago, Londres. Site sem texto http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Alice+Miller+For+your+own+good&btnG=Pesquisar&meta=. Dias, Jorge, 1996: Os Maconde de Moçambique, IIE, Lisboa. 

Miller, Alice, 1979: Das Drama dês begabten Kinder und die Suche nach dem wahren Selbst. Versão Castelhana: 1985 e 1998: El drama del niño dotado y la búsqueda del verdadero yo, Tustets, Barcelons. Há versão inglesa, Virago, Londres, 1988. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Alice+Miller+El+drama+del+ni%C3%B1o+dotado&btnG=Pesquisar&meta= 

Miller, Alice, 1988: Das verbannte Wisen, Surkham Verlag, Frankfurt am Main – Versão Castellana: 1990 e 1998: El saber proscrito, Tusquets Editores, Barcelona. Website para ampla informação e sínteses de obras e artigos : http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Alice+Miller+El+saber+proscrito&btnG=Pesquisar&meta=lr%3Dlang_pt Há versão in glessa de Virago Press, 1988. 

Miller, Alice, 1996: Breaking down the wall of silence, Virago, Barcelona. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=+Alice+Miller+Breaking+down+the+wall+of+silence&btnG=Pesquisar&meta= 

Miller, Alice1977, páginas 18 a 19, que acrecienta que “las vivencias traumáticas de toda infancia permanecen en la oscuridad. Ocultas en esas tinieblas permanecen asimismo las claves para la comprensión de toda la vida ulterior” 

Mito de Caim e Abel, Génese, Bíblia de toda religião, incluindo o Alcorão: Génesis 4 da Bíblia. Website com texto:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Mito+de+Caim+e+Abel&btnG=Pesquisar&meta= 

1  E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu á luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem.
2  E deu á luz mais a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra.
3  E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao SENHOR.
4  E Abel também trouxe dos primogénitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta.
5  Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.
6  E o SENHOR disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?
7  Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz á porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.
8  E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou.
9  E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: não sei; sou eu guardador do meu irmão?
10  E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra.
11  E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão.
12  Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra.
13  Então disse Caim ao SENHOR: é maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.
14  Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará.
15  O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pós o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.
 

Murra, John, 1965 : Formaciones económicas e políticas del mundo andino, Instituto de Estúdios Peruanos, Lima. Site de pesquisa http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=John+Murra+Formaciones+econ%C3%B3micas&btnG=Pesquisar&meta=  

Para o texto:  http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Leopold+Szondi+Trait%C3%A9+du+diagnostic+experimental+de+pulsion&btnG=Pesquisar&meta = 

Patrick, Fermi, 2001, Remaniements cliniques face á la diversité culturelle, Journal de Psychiatrie, Tome XIV, N° 4. Website de texto e PESQUISA http://patrick.fermi.free.fr/nervure.htm  

Paulo de Tarso, Carta aos Romanos o Epístola, C. 13, versículos 1 a 3. A versão que uso é Castelhana, Bac, 1956, Madrid. Também http://www.google.pt/search?q=Paulo+de+Tarso+Ep%C3%ADstola+aos+Romanos&ie=UTF-8&hl=pt-PT&btnG=Pesquisa+Google&meta=.  

Platão, c.427, antes de nossa era, Europa-América, Lisboa, 1986. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Plat%C3%A3o+O+banquete&btnG=Pesquisar&meta=. 

Platão, O Banquete, frase retirada de http://loja.autenticaeditora.com.br/loja01/detalhes.php?id=100, Haroldo Marques.  

Plon, Webring, obra em polaco, textos curtos em francês. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Elisabeth+Roudinesco&spell=1  

Quesnay, François, (1756) 1888: Oeuvres de Quesnay, Oncken, Paris. Versão portuguesa, Gulbenkian, Lisboa. http://gallica.bnf.fr/Fonds_Tables/000/M0005448.htm. 

Radcliff -Brown, Sir Archibald Reginald, 1955: Structure and function in Primitive Society, Cohen and West Ltd, Londres. Website com texto: http://www.uqac.uquebec.ca/zone30/Classiques_des_sciences_sociales/classiques/radcliffe_brown/radcliffe_brown.html  

Radcliffe-Brown, Sir Archibald Reginald, 1939: Taboo, CUP ou website com o texto www.bol.ucla.edu/~cdn/pubs/meattaboo.pdf  

Referido no Capítulo I e parte do II. 

Respeitar todos aqueles que Deus, para o nosso bem, revestiu de sua autoridade . Web site http://angelgireh.tripod.com/tp07.html  

Revista Pais e Filhos (Bloch Editores)
Setembro de 1996 Website http://www.infonet.com.br/meubebe/obebe01.htm.
 

Richard: Webster, Richard, 1995: Why Freud Was Wrong: Sin, Science and Psychoanalysis, http://www.richardwebster.net/freudandhysteria.html ,  em  http://www.richardwebster.net/   

Robertson Smith, William, 1929, The religion of the semites, entre outros. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=William+Robertson-Smith+The+religion+of+the+Semites&btnG=Pesquisar&metaMarie Tremblay, Net. 

Roudinesco, Elisabeth, 1968, Pourquoi la psychanalyse ? Livros do Brasil. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&q=Elisabeth+Roudinesco&spell=1  

Sá, Eduardo, 2003, 4ª Edição revisada, Junho de 2003: Psicologia dos pais e do brincar, Fim de Século, Lisboa. Website nota 5.  

Sá, Eduardo, 2003: Tudo o que o amor não é, Oficina do Livro, Lisboa, página 26. Recomendo ver páginas 24 a 27, para contextualizar a ideia, frase estruturada por mim. Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Eduardo+S%C3%A1&btnG=Pesquisar&meta=   

Sá, Eduardo, Op. Cit, parágrafo 2. Website nota 5  

Sampaio, Daniel, 1994: Inventem-se novos pais, Caminho. Site para comentários sem texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Daniel+Sampaio+Inventem-se+novos+pais&btnG=Pesquisar&meta=. 

Sampaio, Daniel, 1994: Inventem-se novos pais, Caminho. Site para comentários sem texto: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Daniel+Sampaio+Inventem-se+novos+pais&btnG=Pesquisar&meta=. 

Seno Chibeni, Sílvio, 2000: “Caridade e amor” em Revista Mundo Espírita, São Paulo. Website com texto http://www.geocities.com/athens/academy/8482/caridade.html . Para mais debate ver 

Silva Pereira, Luís 1999, no seu texto: Médico, Xamã e Ervanária, Ispa, Lisboa, Website para informação e debate http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Lu%C3%ADs++Cirilo+Silva+Pereira+ISPA&btnG=Pesquisar&meta=  

Smith, Adam, (1759) 2000: The theory of the moral sentiments, Prometheus Books, Nova Iorque. Website http://www.adamsmith.org/smith/tms/tms-p1-s2-intro.htm.  

Smith, Adam, 1776: An enquire into the causes and reasons of the wealth of nations, George Routledge and Sons, Londres. Há versão portuguesa, Gulbenkian, Lisboa. http://www.adamsmith.org//won-b5-cl-article-2-ss1.htm.  

Storr, Anthony, 2003: Freud Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=The+Freudian+theory+of+Religion&btnG=Pesquisa+Google&meta=.  

Szondi, Léopold, 1930: foi o ano decisivo para o desenvolvimento de sua teoria, “A Psicologia do Destino“. A partir dos dados colectados de famílias com filhos com algum tipo de deficiência, começou a delinear a teoria da electividade genética e propensão para determinadas doenças. Numa época de muitos perigos, principalmente para a população de origem judaica da Hungria, desenvolveu o “genoteste” e a análise do destino. Muitas famílias fugiram para outros países, mas Szondi, não. Ele lá permaneceu pois o seu trabalho estava num estágio muito avançado 

Em 1941, foi obrigado a abandonar o seu status académico, o professorado e a direcção do laboratório de psiquiatria da Universidade Real Húngara. Em Julho de 1944 foi levado, junto com sua mulher e seus dois filhos para um campo de concentração em Bergen-Belsen, próximo a Hamburgo, deixando para trás todo o seu trabalho. No entanto, lá ele continuou difundindo suas ideias para seus colegas de prisão. Em Dezembro de 1944, os americanos conseguiram negociar uma troca com os alemães, que resultou na libertação de 1365 pessoas, entre elas Szondi e sua família, esta acolhida pela Suíça.  

Há evidências que sugerem que C.G. Jung foi um dos que activamente contribuíram para sua libertação. O contacto entre ambos era próximo, embora Jung jamais tenha mencionado Szondi em sua obra. O texto mais importante é de 1947: Traité du dignostique éxprimental dês pulsions, base do teste que, durante dez anos, fez em crianças entre os 8 e 10 anos para poder entender se as pulsoes eram coordenadas ou autónomas. Website http://www.gwconsult.com.br/Szondi.asp, para o autor o Website é http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Szondi+&btnG=Pesquisar&meta=  

Tora, Livro denominado Antigo Testamento ou Bíblia, de data duvidosa de origem. No entanto, o Tora parece ser c. 1000, antes da nossa era; 1996: Editorial Desclée de Brouwer, Bilbao. Website com comentários. Texto: http://www.jr.co.il/hotsites/j-torah.htm  

Trata do mesmo assunto para os Mapuche Rauco, como é o meu caso com os Mapuche Picunche. é, na aldeia, o pai de todas as crianças. Na paternidade destes seres humanos está longe da que defino no Capítulo I, ao falar de Pater Famílias ou autoridade da casa. O Pai dentro de estes grupos, é um adulto designado, casado ou não, para observar as brincadeiras e afazeres dos mais novos, ou, eventualmente, colaborar nos trabalhos de escola, do que eu denomino Ensino e Aprendizagem O Pai de turno, é um ser carinhoso que não ralha e transfere saberes. Muito semelhante ao detalhe de Durkheim e do Aleteucha, distante do nosso Pater cujo objectivo é manter distância, tomar conta da pessoa e a representar e gerir os seus bens. Entre nós, é a primeira palavra da oração cristã para pedir misericórdia e perdão. Malinowski, no seu livro de 1926, diz: « Le pére est ainsi un ami bienveillant des enfants et, comme tel, aimé d”eux » – ver citação Capitulo III e descrição do comportamento. Uso a versão francesa de 1930. O Website, no Capítulo III. 

Ver Bion, 1970: Attention and interpretation, Tavistock Institute, Londres. Website para debate e ideias: http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Wilfred+Bion+Attention+and+Interpretation&btnG=Pesquisar&meta=  

Victor Hugo, Entretiens, 1847, citado pelo editor do site Les Classiques des Sciences Sociales, Jean- Marie Tremblay  

Vitz, Paul, 2002: Sigmund Freud”s Christian Unconcious, Amazon http://www.amazon.com/exec/obidos/tg/detail/-/0802806902/002-1307274-1097621?v=glance  

Website com texto e debate: http://www.nathan.co.za/biblepor.asp?chapter=4 

Wojtila, Karol, 1992: Catecismo da Igreja Católica, artigos 2197 a 2257 http://www.google.com/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Catecismo+da+Igreja+Cat%C3%B3lica&btnG=Pesquisar&lr. 

Wojtila, Karol: Catecismo da Igreja Católica, 1992, artigos 2197 e seguintes: O [§4]quarto mandamento encabeça a segunda tábua. Indica ordem da caridade. Deus quis que, depois dele mesmo, honrássemos nossos pais, a quem devemos a vida e que nos transmitiram o conhecimento de Deus. Devemos honrar e  

Wundt, Wilhelm, 1870: Totem e Tabu – Tabu e ambivalência emocional; Wilhelm Wundt describes taboo as “the oldest unwritten laws of humanity”. …Website http://www.google.pt/search?hl=pt-PT&ie=UTF-8&q=Wundt++on+totemism&btnG=Pesquisar&meta=; Sir James Frazer, 1922, The Golden Bough. Ha versão portuguesa. Claude Lévi-Strauss, 1962: Le tomemism aujourd”hui, PUF, Paris. A sua ideia central é : “Appliquant la méthode structurale, Lévi-Strauss définit le totémisme comme recouvrant des relations réglées entre deux séries, l’une naturelle et l’autre culturelle. La série naturelle comprend des catégories et des individus. La série culturelle comprend des groupes et des personnes. Il y a quatre façons d’associer deux á deux les termes provenant de séries différentes.” 

 Young, Robert 1999: “NEW IDEAS ABOUT THE OEDIPUS COMPLEX, website http://www.shef.ac.uk/~psysc/human/chap5.html ou http://www.shef.ac.uk/~psysc/psychoanalytic-studies/msg00901.html  

Yourcenar, Marguerite, 1983: Le temps, ce grand sculpteur, Gallimard, Paris. Há versão portuguesa, Diffel, 1984. Website : http://www.google.pt/search?q=Marguerite+Yourcenar+Le+temps+ce+grand+sculpteur&ie=UTF-8&hl=pt-PT&btnG=Pesquisa+Google&meta=. 

Para a minha neta Maira Rose,  

filha de Cristan e Paula van Emden (née Iturra) e irmã do Tomás.  

  

  

 

Comments


  1. This web site definiitely has all of the info I
    needed about this subject and didn’t know who to ask.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.