Sócrates e Amado cúmplices em crimes de morte

O El País confirma via Wikileaks: o governo português autorizou em 2007 a passagem por Portugal dos voos da morte, de “repatriamento” de prisioneiros de Guantanamo para os seus países de origem, onde na altura foram torturados e em seguida desapareceram.

Além de cúmplices destes assassinatos são mentirosos, o que não sendo novidade neste caso passa todos os limites. Ouça:

Agora demitam-se.

Comments


  1. As lapas agarram-se às rochas com inesperada força para aquilo que valem. As lapas resistem às ondas e não são esmagadas pela pressão. As lapas não têm vergonha na cara por não terem cara. As lapas não se demitem. Vivem alapadas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.