Sócrates e Amado cúmplices em crimes de morte

O El País confirma via Wikileaks: o governo português autorizou em 2007 a passagem por Portugal dos voos da morte, de “repatriamento” de prisioneiros de Guantanamo para os seus países de origem, onde na altura foram torturados e em seguida desapareceram.

Além de cúmplices destes assassinatos são mentirosos, o que não sendo novidade neste caso passa todos os limites. Ouça:

Agora demitam-se.

Comments


  1. As lapas agarram-se às rochas com inesperada força para aquilo que valem. As lapas resistem às ondas e não são esmagadas pela pressão. As lapas não têm vergonha na cara por não terem cara. As lapas não se demitem. Vivem alapadas.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.