Blogopédia – Dicionário da Blogosfera (Ana)

continuação daqui

(este post serve apenas como ténue amostra daquilo que se pretende para a Blogopédia – todas estas entradas, bem como aquelas que estejam em falta, podem e devem ser editadas na plataforma já disponível)

Ana Cristina Leonardo – Nasceu em Olhão em 1959. Estudou Filosofia, mas os livros foram desde sempre a sua grande paixão. Trabalhou na Assírio & Alvim, publicou o livro infantil «Joaninha, a Menina que não queria ser Gente» e foi uma das autoras da obra «Princesas, Príncipes, Fadas e Piratas». Faz traduções, revisões literárias e é crítica literária do jornal Expresso. Mantém desde 2007 o seu blogue pessoal, Meditação na Pastelaria. Mais recentemente, começou a escrever no blogue colectivo Vias de Facto. Nos seus posts, é bem visível uma visão de Esquerda da sociedade e da política portuguesa.

Ana Gomes -De seu nome completo Ana Maria Rosa Martins Gomes, nasceu em 1954 em Lisboa. Licenciada em Direito. Antes do 25 de Abril, entre 1972 e 1974, foi activista dos CLAC – Comitês de Luta Anti-Colonial. No período que se segiu à Revolução, militou no PVTP/MRPP. Esteve ligada à diplomacia desde 1980. Exerceu funções junto da ONU, em Genebra, e nas Embaixadas de Tóquio e Londres. Entre 1999 e 2003, esteve em Jacarta como Chefe da Secção de Interesses e depois como Embaixadora de Portugal. Nesse período, assumiu posições de grande coragem, defendendo Timor-Leste  na sequência do referendo que concedeu a independência ao país. Em 2002, aderiu ao PS e, dois anos depois, foi eleita pela primeira vez Deputada ao Parlamento Europeu, cargo que ainda exerce. Tem-se destacado, na política portuguesa, pela forma inflamada e radical como defende as suas posições nas mais diversas intervenções públicas. Uma característica que lhe tem provocado muitas inimizades, até dentro do seu próprio Partido. A última dessas inimizades foi revelada pelo Wikileaks e dizia respeito a um assessor do Primeiro-Ministro, que a acusava de ser «uma senhora muito excitada». É autora do blogue colectivo Causa Nossa, juntamente com outros autores ligados ao Partido Socialista.

Ana Matos Pires – Médica Psiquiatra, com Mestrado em Saúde Mental e Psiquiatria pela Faculdade de Medicina. É Assistente Hospitalar do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Santa Maria. Entre 1996 e 1997, fez parte da Direcção da Associação Portuguesa de Psiquiatria Biológica. É feminista assumida.
Foi uma das autoras do blogue colectivo 5 Dias em 2008, tendo começado por escrever alguns textos desde 2007 como convidada de Fernanda Câncio, outra autora do blogue. Em finais de 2008, saíu para participar na fundação de um outro blogue colectivo, o Jugular, onde ainda escreve. Em 2009, escreveu no blogue do Público para a cobertura das 3 campanhas eleitorais desse ano. Os seus textos são muitas vezes contundentes, sobretudo quando estão em causa direitos das minorias ou dos mais fracos e em especial quando o tema é a violência doméstica.

Ana Paula Fitas – Nasceu em Évora. Doutorada em Ciências Sociais pela Universidade Nova de Lisboa. Investigadora Senior nas áreas da Antropologia Social, Antropologia Política, Antropologia de Género e Antropologia das Religiões, Etnologia Comparada e Sociologia Rural, Sociologia da Cultura e Sociologia das Religiões com trabalho desenvolvido e publicado em Portugal, Espanha e Índia. Docente do Ensino Superior. Consultora em Igualdade de Género. Coordenadora de Projectos de Desenvolvimento Comunitário e Local. Autora dos livros «Ocupação Sexual dos Espaços e Redes de Comunicação Social» e «Olivença e Juromenha – uma história por contar». É autora do blogue A Nossa Candeia, em publicação desde 2008, e co-autora do blogue Fórum Palestina, aberto apenas a leitores convidados. Em 2009, escreveu no blogue do Público para a cobertura das 3 campanhas eleitorais desse ano e no Simplex – blogue de apoio ao Partido Socialista. Em 2010, fez parte do blogue colectivo Aventar.

Comments

  1. bibas says:

    ficarei sempre chocada com a Dra. Ana fez à minha filha…
    constantemente a colocá-la contra o pai….
    não aconselho a quem for ao santa maria

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.