Do Poder Político e da Fome

O Banco Mundial  há dias denunciou o crescimento exponencial da pobreza. Cerca de 44 milhões de seres humanos, informava, é o acréscimo de pobres. A causa é atribuída ao aumento de preços de matérias-primas necessárias à produção de bens essenciais. O preço do trigo, de Junho de 2010 a Janeiro de 2011, duplicou – 100% de aumento – . O milho passou a custar mais 73% no final do mesmo período. O fenómeno em si já é preocupante, mas é aterrador e desumano, densamente desumano deparar com a indiferença de meios de comunicação, a nível mundial. Silenciaram a notícia.

A jornais, estações de rádio e de TV’s é mais compensador anunciar manifestações na Líbia, em Marrocos, no Bahrein , no Iémen ou na Argélia, sem cuidar das causas. A morte é uma das matérias-primas mais gratificantes do negócio da comunicação. Garante a adesão de milhões de leitores, ouvintes e telespectadores e gera, naturalmente,  receitas publicitárias de elevado valor. A emoção subestima a razão. As motivações da revolta popular não são notícia – “são problemas e eu já cá tenho os meus”, é a doutrina de muitos directores de informação.

Políticos e intelectuais também se ficam pelos efeitos, sem atender a causas. O fundamental para alguns é cuidar do regime republicano ou monárquico, ameaçado pelas consequências do reviralho. Outros são exímios jogadores  de paus de dois bicos. Serão solidários com os novos dirigentes com a hipocrisia idêntica à que, no passado, alinharam com destituídos.

A síntese do pensamento dominante traduz-se na protecção dos beneficiários do ‘sistema financeiro mundial’, também ganhadores com a alta de preços nas bolsas das ‘commodities’. Os esfomeados que se extingam na miséria.

Comments

  1. Ana Paula Fitas says:

    Excelente, Carlos!
    Obrigado.
    Faço link.
    Um grande abraço amigo.

  2. Artur says:

    Gostava era de saber é como é que esta gente faz a contagem do numero de pobres. Já agora seria também importante saber se o numero de remediados e de ricos também aumentou ou diminuiu.
    Desculpem-me meus amigos mas estas estatisticas a nível mundial feitas à papo seco deixam-me muitas duvidas. Sim, cheira-me a manipulação da opinião publica. Falta saber o que estará por detrás.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.