PPP significa Parcerias dos Partidos do Poder

O vídeo que se segue mostra como PS e PSD (se) têm governado e de que modo continuarão a governar(-se). Para aqueles que vêm neste pequeno filme de animação apenas mais uma manifestação de esquerdismo infantil, seria útil que mostrassem contas ou argumentos que contrariem o conteúdo que é aqui apresentado.

Num filme tão curto, algumas questões estarão, com certeza, simplificadas. No que se refere à renegociação, há que ter em conta que os contratos estarão devidamente blindados por competentes escritórios de advogados, sempre em benefício dos privados, com a conivência criminosa dos representantes do Estado, que, já se sabe, têm lugar garantido nos mesmos privados para cujos benefícios contribuíram.

A rábula que se segue, caso o PSD ganhe as eleições, é a do costume: “Ah e tal, isto já estava tudo mal feito pelo anterior governo e agora somos obrigados a respeitar compromissos que já estão contratualizados e as leis são para respeitar.” É claro que se for considerado necessário baixar salários ou aumentar impostos, não haverá problemas em atropelar direitos e lá estará Cavaco a funcionar como garante de que não levantará problemas. O argumento dos superiores interesses do Estado nunca será usado contra os poderosos que garantem empregos aos futuros ex-ministros. Entretanto, o mexilhão continuará a pagar a corrupção alheia.

 

Comments

  1. jorge fliscorno says:

    O vídeo é muito bom e está certo em quase todos os aspectos. Erra em dois:
    1) Não mostra quais os governos que contribuíram e em que medida para os valores das PPP. Neste aspecto pretende transmitir a ideia de que as responsabilidades são iguais, o que não é exacto.
    2) Omite que o BE em 2009 foi um dos signatários do manifesto a favor das obras públicas, que, como se sabe, se traduzia no apoio a obras realizadas em PPP (exemplo TGV). Lista das PPP: em construção; em concurso; em lançamento.

  2. Miguel says:

    Colocar PSD e PS no mesmo saco relativamente às PPP é manifesta má fé, basta olhar para este gráfico:
    http://imageshack.us/photo/my-images/37/pppn.jpg/

    E já agora, quem fez o vídeo, o Bloco de Esquerda, o ano passado em Maio, ou seja, em plena crise quando o BCE já estava a financiar discretamente o Estado, quer o o BE quer o PCP não se juntaram ao PSD e PP na assembleia para bloquear a assinatura dos contratos das novas PPP TGV Caia-Poceirão e PPP Pinhal interior (Monta Engil,etc). Deram o seu apoio a mais uns contratos de vários milhares de milhões, isto já quando a Grécia vivia em plena agonia.

    Demagogia e manipulação há muita por aí….

  3. António Fernando Nabais says:

    Caríssimos

    É verdade que o PS gastou muito mais dinheiro do que o PSD em Parcerias Público-Privadas. Também não estiveram bem o BE e o PCP no apoio dado ao TGV.
    Por outro lado, as Parcerias Público-Privadas poderiam ser uma boa ideia, se houvesse mais seriedade e nenhum clientelismo. O clientelismo é, aliás, a grande fonte de corrupção ruinosa e, sob a forma de PPP ou sob outra forma qualquer, PS e PSD disputam esse campeonato, alternando nos primeiros lugares, sendo natural que o PS esteja na dianteira, graças ao facto de ter estado mais recentemente no poder.
    Entretanto, graças a um passado muito pouco competente, para não dizer pouco sério, não confio no PSD. Não deve faltar muito para confirmar que tenho razão ou para reconhecer que errei.

  4. Maquiavel says:

    Bem dizes, Nabais. Infelizmente vai apenas confirmar o que sabemos.

    As Parcerias Público-Privadas seriam uma boa ideia, se estivéssemos num país sério e competente. Especialmente em alturas de crise, para empurrar a economia. Mas como näo há seriedade mas clientelismo, as PPP säo é Porcarias Público-Privadas… ou Providências Para Amigos.

    Agora näo comparem é o TGV com autoestradas, especialmente essa Pinhal Interior. Embora o montante seja o mesmo, o do TGV é comparticidado a 75% pela UE, e pelas estimativas terá num ano tanta gente como a AE Pinhal Interior em… DEZ!!!

    Há PPPs e PPPs… por isso BE e PCP apoiam algumas, e só algumas. Para que pelo menos se faça, porque visto estarmos em Portugal, se näo for assim, só se aprovam as PPPs que däo mais prejuízo!

  5. Maquiavel says:

    Providências Para *Parceiros*, pois claro. Ou Projectos Para Parceiros (do Partido).

Trackbacks


  1. […] bizarra situação do Plano Nacional de Barragens de Grande Potencial Hidroeléctrico constituir a 3ª Parceria Público Privada (PPP) mais cara, e não haver no entanto discussão nenhuma sobre tal […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.