Paulo Portas: eu sou uma pessoa que gosto de manter a coerência

Comments

  1. jorge fliscorno says:

    Dependendo da onda, assim ruma para a esquerda, assim ruma para a direita. O problema destas ondulações está nos enjoos provocados.

  2. Luis Pires says:

    Esquerda net? ah ah ah


    • Qual é o problema de o vídeo ser do esquerda.net? deixa de ser verdade por causa disso?

      • Luís Ferreira says:

        Não deixa de ser verdade, não senhor, mas perde alguma da independência com que estes assuntos devem ser tratados.

        Independentemente das declarações de Paulo Portas, há uma coisa que temos que ver… Não havia NADA que se pudesse fazer que alterasse o facto de precisarmos do empréstimo – ou melhor, havia, mas há uns anos atrás. Este empréstimo vinha obrigatoriamente associado a um plano que é necessário cumprir. É bom? não, é péssimo… Mas o zezinho levou-nos a isto…

        Portanto, mais uma vez, BE e CDU dizem tudo o que lhes vem à cabeça porque sabem que não vão ser responsabilizados num governo pelo que disseram. Não vão lá chegar. Eles sabem tão bem como todos os outros que sem a troika não levantávamos a cabeça NUNCA MAIS!

        Logo o Louçã, que deve ser dos políticos mais preparados para chefiar uma pasta das finanças neste país! Ao contrário do que dizia o mesmo zezinho há uns anos atrás, Louçã tem um curriculum académico notabilíssimo e invejável! Pena que da sua carreira política não possa dizer o mesmo. Como pessoa votaria nele de olhos fechados. Como político, tenho algum receio…


        • Luís Ferreira: quando começarmos a renegociar a dívida, entretendo aumentada e muito com este empréstimo da troika e as medidas arrasadoras de qualquer economia que impõe, falamos.
          A menos que queira discutir o estado actual da Grécia e da Irlanda, que também precisavam do empréstimo, etc. etc.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.