O arquitecto da Robbialac e uma Barragem toda catita


«Assim, fica mais catita!», terá confidenciado Souto de Moura, entusiasmado, a António Mexia. «É para disfarçar. No meio da paisagem, ninguém vai perceber que são postes de electricidade. Uma espécie de pantomina dos elementos visuais».
Isso e o paredão. Com a nova cor escolhida por Souto de Moura, a própria paisagem vai ganhar um novo significado. Eu cá, por motivos óbvios, escolho o azul.

Comments

  1. marai celeste ramos says:

    Com a “cor” que os “aventar” lhe acrescentaram até parece umas cuequinhas (ou ceroulas) LX (ou dimensão mórbida) – enviem para souto moura pois que se esqueceu de fazer variantes do “estudo” da cor e de EIA (estudo de impacto ambiental) e, já agora, o impacto visual que costuma ser, também, “polição”, mais propriamente poluição visual como é costume neste país que se tornou saloio fesde que é governado por saloios (urbanos), com os billbord dos “continentes” que imitam, mal, o touro do Osborne – porque as coisas olhadas têm de ser vsitas, e porque ver o invisível não é para todos

  2. Velal says:

    United Colors of BeneDDouro, by Souto Moura.

  3. Adoro barragens… Especialmente quando vem a seca e não chove dias a fio, e elas ficam cheias de água para nos ajudar a passar a seca sem grandes problemas… Adoro barragens feitas de aço e cimento! E não sou o único 😎

  4. Helena Galamba says:

    E porque não às riscas?

  5. Luís Teixeira Neves says:

    A sério?!

  6. cipriano mesquita pinto says:

    Nâo me digam que vâo propor a barragem e os postes a patrimônio mundial da humanidade?!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.

  7. A barragem vai ser “mais linda” que vai ser uma atracção! Como não pensaram nisso para as outras centenas de barragens que já existem por cá?!
    Porque não escondem também o paredão, enterrado, na imensa estupidez dos responsáveis por isto tudo?
    Porque não suspendem tudo e apostam em projectos úteis para o desenvolvimento?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.