Acordo Ortográfico: a opinião de Maria José Abranches

Aqui, é possível ler-se um currículo resumido de Maria José Abranches, para além de um texto em que explica a sua oposição ao Acordo Ortográfico. Mais recentemente, enviou esta mensagem de correio electrónico a uma rádio francesa em que o AO foi tema: o programa intitulava-se “La réforme de l’ortographe passe mal”. O texto de Maria José Abranches está carregado de informação rigorosa e merece ser lido por quem queira, verdadeiramente, informar-se sobre o tema. Deixo aqui uma citação lapidar acerca da supressão das chamadas consoantes mudas: “L’adoption de ce changement défigure notre langue, lui retire de l’intelligibilité, nous éloigne des autres langues européennes et, surtout, entraînera des changements phonétiques inévitables.” 

Comments

  1. alexandra freitas says:

    Não existe este texto em traduzido para português? Nunca aprendi francês.

  2. marai celeste ramos says:

    Tantas pessoas eruditas que se pronunciam contra o acordo e até explicam de forma a que todos percebam e aceitem, excepto os governantes – Estranho comportamento de decisores que nem sabem o que hão-de fazer ao país e, o que fazem, é para rejeitar mas teimosamente prosseguem no assassínio de uma bela lingua das mais faladas no mundo – até faz cortar e separar a comunicação entre os lusófonos em vez de os unir – até parecem a EDP que pela calada vão destruindo as ais belas paisagens e economias e formas de vida – a lingua tem também as maiores implicações económicas – sim é caso para perguntar como a Alexandra se não há tradução em francês – creio que não pode ser traduzido em nenhuma outra língua e quanto aos tradutores profissionais estrangeiros o que dizer ??? – se calhar desistirão de o fazer e ficarão mais perplexos do que eu e eles, sim, podem virar costas a tal aberração – os governantes e decisores em vez de estimar e honrar o que somos como lingua, andam a entreter-se em brincadeiras e palhaçadas – E como vão os meninos que já aprendem esta bizarria voltar atrás e escrever bem em bez de macaquear a lingua de sua “mãe” ??

  3. Antonio Candido A.Monteiro says:

    A doutora Maria José Abranches tem toda a razão!


  4. Mas Portugal, além de ter problemas com o funcionamento democrático dos seus órgãos políticos, tem um claro e indesmentível problema de corrupção.
    A petição que foi entregue ao parlamento tinha as assinaturas das mais prestigaiadas figuras da Cultura Portuguesa, a começar pelo Prof. Magalhães Godinho a que se seguiram mais 120 000.
    Em qualquer país democrátido teria sido suficiente para parar o dito acordo – que não está em vigor e é imposto ilegalmente.

Trackbacks


  1. […] tive ocasião de remeter os leitores para um texto lúcido de Maria José Abranches. Vale a pena darmo-nos ao trabalho de ler estoutro da mesma autora. Dá trabalho, com certeza, como […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.