Gasolina e gasóleo: quanto do preço de venda ao público é impostos

O Preço de Venda ao Público (PVP) dos combustíveis calcula-se assim:
PVP = (x + ISP ) * (1+IVA)
x é o valor dos combustíveis à saída da gasolineira
ISP é o Imposto sobre os Produtos Petrolíferos

Pelas contas que se vêm em baixo, conclui-se que  52% do PVP da gasolina é impostos e que 42% do PVP do gasóleo rodoviário é impostos.

Algo mudou muito desde que andava semanalmente a fazer estas contas há 2 anos! Dado que os impostos aumentaram (o IVA), e a taxa de impostos sobre o PVP baixou dos 60% e tal para entre 40% a 50%, então isto significa que o valor à saída da gasolineira aumentou. Tal não surpreende, pois o preço do crude tem aumentado. Mas, como refere Sérgio Lavos, a discrepância quando comparado com a restante Europa é assinalável. Algo a investigar.

Gasolina de 95 octanas:

1.754 = (x + 0.58295) * 1.23 <=>
1.754/1.23 = x + 0.58295 <=>
x = 1.754/1.23 – 0.58295 = 0.84307

1.7540 € PVP
0.8431 € à saída da refinaria
0.9109 € impostos

52% do PVP da gasolina é impostos

Gasóleo rodoviário

1.539 = (x + 0.36441) * 1.23 <=>
1.539 / 1.23 = x + 0.36441 <=>
x = 1.539 / 1.23 – 0.36441 = 0.8868

1.5390 € PVP
0.8868 € à saída da refinaria
0.6522 € impostos

Nota: se houver interessados em saber como se calculam estas coisas, podem ver aqui: ISP e IVA entre 01.01.2004 e 29.02.2008 (precisa de actualização mas é um ponto de partida).

Comments

  1. manuel.ferreira says:

    TRABALHO………SÓ UMA ESTRATÉGIA COMPLETA…EQUILIBRADA…E ROBUSTA , pode conduzir o País ao caminho do Progresso das pessoas , das famílias e das empresas…
    O TRABALHO NÃO DEVE PAGAR QUALQUER IMPOSTO…!!!
    Quem trabalha ,( e produz riqueza ) , trabalha para si , para a sua família , para a sua empresa , para o seu município , para o seu País…
    MERECE UM INCENTIVO…MERECE UM LOUVOR…MERECE UM PRÉMIO…e nunca um imposto…e mais grave ainda um imposto progressivo…quanto mais trabalha mais paga…
    É UMA GRAVE INJUSTIÇA COBRAR IMPOSTO SOBRE O TRABALHO…
    E um dos maiores erros da nossa sociedade…sendo urgente corrigir tal erro que é de uma injustiça COLOSSAL…
    O Estado só deve cobrar impostos JUSTOS…sobre o Consumo , a Poluição e os Vícios…e todos os outros impostos devem ser ABOLIDOS…
    A redistribuição dos rendimentos deve ser feita apenas no investimento do Estado…e nunca na cobrança dos impostos…
    Os impostos injustos sobre o TRABALHO devem ser PROÍBIDOS imediatamente…para que haja um mínimo de JUSTIÇA FISCAL…

  2. Rafael Amorim says:

    Jorge:
    A carga fiscal nos combustiveis em Portugal e diferente da europeia?
    Abr.
    RA

  3. jorge fliscorno says:

    É, Rafael. Pelo menos o IVA é. O ISP não sei de memória em que patamar estamos.
    O IVA incide directamente sobre o produto mas também sobre um imposto (o ISP), com a clássica e repetida violação de imposto sobre imposto.

  4. Rafael Amorim says:

    Existe algum estudo ou artigo sobre a variação destes preço ao nivel da União Europeia?


  5. Rafael, podem-se consultar os números directamente, vê aqui.

  6. Carlos Fonseca says:

    Jorge, podes encontrar preços e impostos da gasolina super 95 e gasóleo nos 27 países da UE, no seguinte ‘site’:
    http://ec.europa.eu/energy/observatory/oil/bulletin_en.htm
    A última actualização é de 12 de Março.

  7. jorge fliscorno says:

    Voltarei ao tema com tempo. Obrigado.

  8. Rafael Amorim says:

    Muito obrigado. Vou aguardar pelos comentários e conclusões do Jorge. Era bom voltarmos a falar deste tema sobre o qual nunca me debrucei. Abraço para todos

  9. ricardo says:

    Continuamos a encher os cofres à Galp. Quando em julho de 2008 o preço do Brent estava no máximo histórico nós pagavamos pela gasolina 95 1,60 euros e pelo gasoleo 1,428, heje em dia em que o barril de brent custa pouco mais que 103 euros, pagamos bem mais pelos combustiveis a gasolina a 1,68 euros e o gasoleo a 1,47 euros, no entanto por barril são menos 40 euros. Vejam sóo quanto a GALP está a ganhar sempre vamos encher o deposito. Temos de deixar de encher o deposito na GALP de forma a deixa-los completamente às moscas e a terem de fazer alguma coisa de forma, principalmente baixar os preços.Somos nós que fazemos a diferença se quisermos, só cabe a nós ter a atitude certa e enfretar os desafios.


  10. Deixar de abastecer na GALP? Quando vou a Portugal abasteço em gasolineiras independentes, mas estas compram nas refinarias da GALP. Uma gasolineira tem o monopólio da refinação e lidera o mercado da distribuição. Mesmo a BP ou REPSOL pouco podem fazer num país periférico como Portugal. O problema uma vez mais são as grandes empresas detidas ou participadas pelo Estado, que pouco servem o consumidor, ainda menos o contribuinte, mas albergam políticos e tralha partidária q.b.

Trackbacks


  1. […] No outro dia, no blog Jugular, deparei-me com um artigo sobre a TOS, a Taxa de Ocupação de Subsolo. Paulo Pinto debruçou-se nesse artigo sobre o facto do IVA incidir sobre essa taxa. Na verdade, a incidência de IVA sobre taxas é muito frequente, sendo que a principal diria mesmo que é sobre os combustíveis. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.