Progressos

Enquanto transforma o fascismo em mera banha da cobra (compreende-se, há que desvalorizar, mataram uns tipos, coisa sem importância, menos uns comunas), Miguel Botelho Moniz faz progressos na distinção entre estalinistas e trotsiquistas. Pelo andar da carruagem ainda descobre quem foi Ramón Mercader.

Post Scriptum: Apagar um trackback é feio. Curiosamente acontece muito em blogues de extrema-direita instalados no WordPress.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.