A Lua

Fernando Pessoa
A Lua (dizem os Ingleses)

A Lua (dizem os Ingleses)
É feita de queijo verde.
Por mais que pense mil vezes
Sempre uma ideia se perde.

E era essa, era, era essa,
Que haveria de salvar
Minha alma da dor da pressa
De… não sei se é desejar.

Sim, todos os meus desejos
São de estar sentir pensando…
A Lua (dizem os Ingleses)
É azul de quando em quando.
14-11-1931
Poesias Inéditas (1930-1935).

Professores desempregados

No que se refere ao mundo docente, não há, neste momento, nada mais importante do que a angústia pessoal e intransmissível de todos aqueles professores que, hoje, ficaram no desemprego, especialmente quando se trata de profissionais com vários anos de serviço. Mesmo que o número desses novos desempregados correspondesse apenas a um, o drama individual de alguém que fica impedido de trabalhar é do tamanho do universo, porque não há maior universo do que cada um de nós. [Read more…]

Util para a reflexão sobre a RTP

Relatório e Contas de 2011 (PDF!)

O pior do Crato

Sinto-me sinceramente honrado por ver que tenho o mesmo gosto para títulos que o grande João Quadros, que faz uma crítica certeira  ao sinistro Crato.

Listas de colocações de Professores

– No site da DGAE

– No site do SPGL

– No site do SPN

– No Arlindovsky

Francisco Alamán Castro, coronel del Ejército español:

¿La independencia de Catalula? Por encima de mi cadáver” – militares…

31 de Agosto ou recomeçar de novo

Recomeçar de novo… sempre gostei desta frase.

O realizador Joachim Trier (1974) coloca-a em questão no seu filme Oslo, 31 de Agosto que deve estar a estrear por estes dias: esta é a história de um homem novo, 34 anos, que se pergunta se ainda é possível recomeçar de novo.

J.T. pergunta ainda: «Tínhamos obrigação de ser felizes. Porque é que não somos?»

Porque é que não somos felizes, não obstante termos vidas confortáveis?

As críticas são muitas boas. Talvez seja uma boa sugestão para Sair de casa!

Agora que acabaram as férias e voltamos ao trabalho, recomeçamos de novo, de certa forma.

Mas há outros recomeços importantes a implementar… É positivo termos este sentimento de que nos são dadas outras oportunidades…

E outra coisa: «a obrigação de sermos felizes»…