A primeira foto a cores da Curiosity chegou


Ainda não é em alta resolução. Essa, dada a cumplicidade das autoridades locais, provavelmente não chegará a existir.

Comments

  1. Jonh says:

    Caríssimo, permita-me a sugestão de que aborte toda e qualquer tentativa de humor.


    • Permitir, claro que permito. Mas não vejo nenhuma razão para isso. Alguém tem de defender os pobres marcianos, oprimidos e agora colonizados…

  2. Jonh says:

    Compreendo. Estamos portanto na presença do primeiro e quiçá único, Paladino de Marte.


    • Qual único? O CALLPM (Comité de Apoio à Luta de Libertação do Povo Marciano) já foi constituído. Manifestação à porta da embaixada americana já amanhã.
      Palavra de ordem: Nem mais um veículo para Marte!

      • Jonh says:

        Aguarda-se com expectativa a reacção do «Povo Marciano»…

  3. Asdrúbal says:

    Comentário do nosso troll eliminado. Há que começar a defesa contra eventuais retaliações extraterrestres.

  4. Aníbal says:

    Comentário do nosso troll eliminado. Há que começar a defesa contra eventuais retaliações extraterrestres.

  5. Aníbal says:

    Comentário do nosso troll eliminado. Há que começar a defesa contra eventuais retaliações extraterrestres.

  6. Ana A. says:

    Pobres seres humanos!! Ainda não aprenderam a respeitar este planeta, e já pensam em ir destruir o próximo…

  7. AuGusto says:

    Comentário do nosso troll eliminado. Há que começar a defesa contra eventuais retaliações extraterrestres.

  8. Afonso Jorge says:

    Só falta o cartaz ” VAI ESTUDAR, RELVAS”


    • Por acaso, pensei que a foto fosse do cartaz. Fiquei decepcionado…


    • As comunicações com Marte demoram o seu tempo. Já o vi numa foto posterior.
      Noutros planetas vai demorar anos-luz a aparecer.
      O meu receio é que na posse dessa fotografia Relvas peça mais uma equivalência e vire astrónomo.

  9. Iracema says:

    Genial


  10. Parece-me falsa. Não estou a ver o gajo do cartaz Relvas vai estudar.

  11. jose damiao marques says:

    vamos mandar para lá nossos politicos ….