Mais de metade dos trabalhadores jovens portugueses têm contrato a prazo

É evidente que o motivo da pouca eficiência do trabalho são as leis demasiado protectoras do trabalhador. </sarcasmo>

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Nao contando com as centenas que emigraram – ontem adorei ver na TV os portugeses cientistas nos USA e Inglaterra que vieram para o centro de Investigação da Leonor Beleza e adoram o que fazem e descobrem e escrevem na Science além de uma americana que veio com o marido e preferiram este centro ao de Nova York – e avançam no seu trabalho – em condições de dignidade de esaço e tecnologias modernas pelo menos – nem falaram em quanto ganham – um grande cientista inglês elogiou as condições em que se trabalha neste centro considerado o melhor do mundo

  2. Eduardo Silva says:

    Mas os que na segunda metade dos anos 70 se empregaram no Estado, e hoje com 55 anos já estão com chorudas reformas, não tiveram contratos a prazo! E são largos milhares. Alguém tinha que pagar a fatura a longo prazo!… Infelizmente

    • vitor monteiro says:

      nó estamos a pagar a fatura nao e pelas reformas dos trabalhadores sejam piublicos ou privados,estamos a pagar é os roubos do bpn e dos banqueiros os roubos dos dirigentes do ps e psd isso sim é que pagamos

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.