Facebook e Emprego

“O Facebook já gerou 230 mil empregos na UE e contribui com cerca de 15 300 milhões para o PIB comunitário”.

Nos nossos dias, já é possível procurar emprego nas redes sociais. E quem faz o recrutamento não resiste a espreitar as pessoas ao facebook. Os especialistas em networking, como Filipe Carrera, aconselham a partilhar, a partilhar, a partilhar primeiro, ajudar os outros depois. “(…) a pessoa deixa conteúdo, deixa conhecimento, ajuda outras pessoas e de repente as coisas acontecem. (…) o perfil no LinkedIn, no Facebook ou no Twitter faz parte da nossa extensão profissional, devemos cuidar dele”.

E outro conselho ainda: “Nunca coloques na web algo que não queiras que o teu chefe ou a tua mãe vejam” !!

A entrevista a Filipe Carrera está disponível na revista Notícias Magazine do passado domingo, dia 26 e aqui!!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.