Quando me lembre….

Era no noticiário de ontem. Os jornalistas, sempre curiosos dos vaivéns do PM, perguntaram: quando vai anunciar ao povo de alça dos impostos?
O PM, sempre a correr, tem agalhas para isso e muita juventude, ripostou: quando me lembre
Quando se lembre do que Senhor PM? De anunciar as alças ou de que já decidiu amortalhar ao povo com mais vendas de múmia para nós matar de fome? Ou quando se lembre de que houve uma alça nos impostos?

Está tão ocupado em servir à economia liberal e em obedece e a soberania da troica, que pode ter pensado: será que já avisei ou deve ficar para depois?

A soberania da troica é-lhe mais importante que a nossa. Tenho-lhe endereçado uma carta lembrando-lhe a nossa Carta Fundamental. Nem meio comentário nem de secretário nem de subalterno.

Antes, os ministros respeitavam a sabedoria de quem lhes avisava antes que ia publicar uma carta. Hoje em dia, se até o meu amigo João José Cardoso se lembra bem de mim, porque um liberal conservador smithionano-de Adam Smith, Senhor PM, caso não se lembre, o que devia por ser economista.

Não temos alternativa. Devemos ir todos amanhã para marchar e protestar até o governo cair.

Não duvido que a esquerda portuguesa deve passar uma moção de censura, que obriga ao PR a adiantar as eleições!

No Sábado 29, Lisboa, Aveiro, Porto, Guimarães, Leiria, Alentejo, O Algarve, marcham. Não fiquem em casa. Este governo mata-nos à fome e paga as dívidas com os nossos recortados ordenados, taxados mais uma vez. À marcha para derrubar ao novo rei!

A marchar, defendamos a nossa vida! Quem fica em casa, não se sabe defender, como essa vigília em Belém. Paremos, não podemos produzir com corpos magros alimentados por Caritas… A desobediência civil é um mandato permitido pela Constituição.

A marchar, portugueses…A república foi implantada a 5 de Outubro de 1910. Ou estão esquecidos? Não temos rei e não queremos outro… um Dom Pedro VII seria?

Raúl Iturra

28 de Setembro de 2012.

lautaro@netcabo.pt

Tenham cuidado: não há vigilância pública, os guardas também desfilam!

Nem remédios nas farmácias nem médicos nos hospitais.

Lembre-se, PM, que ainda nada falou. Nada se sabe. Esse seu hábito de avançar e retroceder, é a sua perdição. Alguém deve dizer-lhe que ainda não falou. Quando me lembre….frase de imensos sentidos, o pior é que não se lembra que decidiu na sua cabeça, mas não de viva voz…..

Comments


  1. Mas que maravilha de homor de cortar à faca
    Não sei quantos seguranças havia ontem a guardar a preciosidade do PM mas recordo que o 1º governante a não arriscar ser vaiado e “agredido” foi o que foi premiado e agora é o imérito PR – porrada no jornalista e porta de local colectivo fechada-trancada impedindo a jornalista de entrar – quem tem cú tem mêdo – o que vale é que no aventar há humor a preceito e jornalistas atrevidas que dão a notícia e amos ver até quando
    Amanhã haverá mais novidades – Acabam de dar os nºs do jogador que ganhou 100 milhões de euros no euromilhões que foi para um só apostador – ai ai que geito me dava – Anónio Borges coitado emagreceu de repente ?? fala na CGD e quer que sega privatizada 40 % ou é outro igual a ele que quer ?’ ai a monotonia das notícias – ao menos que mudassem de pulhice – para já há uma senhora fora das corridas – Cândida Almeida coitadinha e a srª da justiça anda a cair em desgraça – Segurança social 694 milhões mais relativamente a 2011 – saldo da segurança social negativo – qualquer dia comem-me mais da minha pensãozinha – eis bastonários da ordem dos médicos andam em movimentação contra estas eutanásias encapotadas – como ontem e economia – é urgente que tudo se revolte – sem verylights benfiquistas – não percebo porque é que quem faz isto tem direito ao SNS tanto como eu – porque não vão ao privado e já se poupariam uns tostões ??

    • Raul Iturra says:

      Obrigado, Maria Celeste Ramos pela sua leitura do meu texto. Foi feito para levantar os ânimos dos que passamos fome de comida e justiça. Ou este governo se demite, ou será demitido pelo povo em revolta civil, permitido pela lei e a constituição. O P.M. de certos portugueses, não o nosso PM de Portugal, mas o dos ricos liberais, tem medo do povo, eis porque do nosso bolso paga seguranças, sendo ele um dos ricos do nosso país, como Azevedo, Espírito Santo, que de santo apenas tem o nome. Este governo, lembre bem, vai cair. Até os seus aliados CDS-PP têm dúvidas e as calam. A única que sabe e Manuela Ferreira Leite. Quem devia governar, é o meu antigo estudante José Seguro: eu sei todo o que ele sabe, após tê-lo examinado tanta vez.
      O cabeçalho do texto, é uma frase de Passos: vou anunciar as alças quando me lembrar ….. Mas, todos sabemos que nunca se lembra! O que está nessa tonta cabeça é a ideia de que já avisou!
      Agradece e cumprimenta, o seu
      Raúl Iturra
      lautaro@netcabo.pt

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.