Eugénio Lisboa sobre o chamado acordo ortográfico

Acham, a sério, que se pode confundir uma uniformização ortográfica com a “unidade essencial da língua”?

Comments


  1. A destruição do país é sistemática desde outubro de 2011 em continuidade do que foi iniciado em 1986 – só faltava destruir a lingua — talvez para minimizar o que se diz de “falta de comunicação” dos governantes se tenha de escrever brasilês já que pelo menos a fonia de velhas e persistentes palavras, vai igualmente mudando mas sem ter, ainda, sotaque completamente copiado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.