A melhor resposta é um processo ao processador

Que há abuso de autoridade, é garantido. O FB não é o painel informativo do hospital, portanto a administração está a processar alguém com base num comentário privado e isto é inadmissível. Imaginem se por acaso alguém comentasse a má qualidade de construção do hospital em que as paredes dos corredores, forradas a pladur, estão cheias de mossas devido a toques das macas (factual).

Este é um caso em que a defesa é o melhor ataque. Quem tem o poder não tem o direito de o usar indiscriminadamente  Seja uma administração seja um membro de um governo, como era moda no anterior mandato (e vamos lá ver se a tendência não regressará com este governo).

Comments

  1. Miguel says:

    O problema é que essa funcionária nada pode fazer contra esses iluminados. E se reclama mais, ainda perde o emprego.

  2. B.P. says:

    Comentário privado, no FB?
    Privado, diz?
    Valha-nos Deus…

    • jorge fliscorno says:

      Privado por oposição de institucional, como seria se isso fosse um cartaz afixado no hospital.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.