A Unicef e seus doadores fazem caridadezinha?

Mais uma carta da Unicef.

Desta vez, pedem donativo para as crianças sírias, que precisam da nossa ajuda. É uma emergência, urgente.

Dentro do envelope uma agenda 2013 pequenina de oferta. «Um raio de esperança para as crianças», lê-se na capa.

No seu interior, algumas «curiosidades»: com 50€  a Unicef pode distribuir 50.000 litros de água limpa; com 66€ fornecem 5 caixas térmicas para transporte de vacinas; 90 € permite comprar 268 saquetas de alimentos de alto teor calórico; 26 € equivale a 120 doses da vacina contra o sarampo; etc., etc.

Ou seja, pouco pode fazer muito. Muitos doadores, contribuindo com poucos euros, podem fazer a diferença.

Em 2011, a título de exemplo, a Unicef respondeu a 292 situações de crise humanitária em 80 países.

Isto é caridadezinha?

Comments

  1. Amadeu says:

    A Felisberta é mulher. Nem todas as mulheres são Felisbertas.
    Não deixa de ser curioso a Maria do Céu ir buscar uma organização que é considerada “anti vida”pelo lobbystas anti aborto.
    Por outro lado, a própria UNICEF não está isenta de corrupção.
    http://tinyurl.com/8am3hm3

    50 x 50 euros paga a UNICEF a cada consultor que vai a África avaliar as necessidades de determinado país.

    Dito isto, onde se vendem as agendas 2013 ? São sempre um bom presente de Natal (para mim que sou ateu !).


  2. Desde quando a ONU não tem corrupção
    Até houve um escândalo com o filho de Coffi Annan
    E já tive a bater-me à porta com colete preto com UNICEF escrito nas costas – UNICEF
    E será que Catarina Furtado faz voluntariado volentário ?? acrescentando aos 7 mil/mês da TV as suas viagens a dar beijos a meninos pretos ?? a senhora desaopareceu dos écrans da TV a dar ao rabo (de perfil vá lá) e de repente também desapareceu esse “commercial” ??


  3. Pois eu sou doador regular (faço uma doação mensal da unicef porque apesar de não poder controlar exactamente como a minha doação é gasta e saber que existem certamente muitas situações irregulares não são essas que subscrevo e a minha esperança é que pelo menos uma % desse valor seja efectivamente gasto como é suposto. O resto fica na consciência de quem usurpa …


  4. Não é caridadezinha… É falta de vergonha na cara!

    Deviam era exigir que os EUA, Israel, Reino Unido, França Alemanha… resumindo a MESMA MORRINHA que destruiu a Líbia, que antes da BENEMÉRITA MISSÃO HUMANITÁRIA tinha sido elogiada pela ONU, que DEIXEM DE FORNECER DINHEIRO E ARMAS aos “rebeldes sírios” ou, segundo a expressão mais idiota que já ouvi, aos “Freedom Fighters”…

    Continua tudo a fazer-se da mesma forma! Mas ninguém quer saber…

    Vamos é ficar todos ansiosamente esperando pela próxima vaga de programas de voluntariado para a Síria! Sempre é uma forma de sairmos do desemprego! VIVA A MISÉRIA ALHEIA…

    😎

    • Maquiavel says:

      Tocaste na ferida, e muito bem!

      Até porque falaste em desemprego… os rebeldes “libertadores” da Líbia (que após apearem o Kadafi querem emprego e dinheiro) estäo a ser enviados aos magotes combater com os rebeldes sírios pelo novo “governo líbio” já que este näo consegue satisfazer as suas reivindicaçöes para além de implementar a Sharia e tem medo que eles se virem contra esse mesmo governo… li isto nos jornais há uns meses…


      • O melhor de tudo é que agora já nem se ouve falar da Líbia, tirando claro o evento de 11/9… De resto já não interessa porque o objectivo foi alcançado. Reservas de petróleo e gás, e acabaram com a ameaça de alguns dos países africanos criarem uma moeda comum com “padrão ouro”…
        Na Síria o método é o mesmo, os objectivos é que são distintos… 😎

  5. Maria do Céu Mota says:

    Como se pode viver, como se pode fazer o que quer que seja sem confiar nos outros? E os projectos no âmbito do empreendedorismo social a troco de nada, sem esperar recompensas monetárias? Isto é caridadezinha? Ou é cidadania?

    • Amadeu says:

      Tem roupa velha ? Dê-a a alguém que conhece, ou quando muito a alguém que conhece alguém que precisa.
      Tem um computador velho ? Dê-o a um conhecido que sabe que não tem dinheiro para comprar um novo..
      Tem tempo disponível ? Vá visitar um idoso vizinho que viva sozinho. Faça bolinhos e dê-os aos miúdos da vizinhança.
      Milite num movimento de bairro ou da sua freguesia.
      Fuja do que é grande. Small is beautifull.

      • Maria do Céu Mota says:

        Amadeu, o que faz pelos outros? Com certeza o que mais ninguém faz!


      • Ora aqui está… Simples, Pequeno e Bonito…

        Curiosamente para a maioria estas acções estão desprovidas de sentido, pois a maioria foi treinada para ser individualista e competitiva, e para desvalorizar tudo o que não é “oficial”.

        E é mesmo dar directamente, pois já vi os depósitos de roupa da cruz vermelha serem “assaltados” por crianças (enviam-nas lá para dentro) e adultos, para depois irem vender para a feira!


    • Se começa a misturar alhos (UNICEF) com bugalhos (empreendedorismo social) a hipotética discussão dilui-se tão rápido quanto a luz de um relâmpago!

      • Maria do Céu Mota says:

        Vai dar tudo ao mesmo: o bem comum.


        • Aparentemente…
          O monstro UNICEF e seus funcionários já não sobrevivem sem a miséria e a desgraça e a morte alheia…
          A sobrevivência destes (UNICEF) está directamente ligada há existência de miséria e desgraça e morte…
          Portanto se não existisse UNICEF (e outras que tais) tal seria sinal evidente e claro que a Civilização Actual era uma Civilização Humana…

  6. Maria do Céu Mota says:

    Os pequenos gestos que fazemos pelos outros são mais importantes do que julgamos. Todos temos essa experiência.

  7. Alessandro says:

    Como devo proceder para cancelar/parar uma doação mensal?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.