Abraços

Comments


  1. O Executivo de Passos Coelho dizia que apenas 233 pessoas recrutadas pelo Governo PSD-CDS tinham recebido subsídio de férias. Afinal, foram 1454 as excepções à austeridade.Segundo o Diário de Notícias, o PS recebeu finalmente os dados pedidos ao Governo sobre o número de excepções no corte do subsídio de férias. Enquanto a generalidade dos trabalhadores da função pública está sujeita àquela medida de austeridade, há afinal 1454 pessoas nomeadas para gabinetes ministeriais e institutos públicos que ainda receberam aquele subsídio em 2012.

    É um número várias vezes superior ao que foi inicialmente admitido pelo Governo em Setembro – 233 – e que equivale a um terço do total de nomeações políticas feitas pelo Executivo de Pedro Passos Coelho.

    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=602053

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.