Quanto ganha um estivador?

Ângelo Correia, o homem que na primeira greve geral portuguesa inventou uma revolução armada com pregos, com a lata que lhe é peculiar, garantiu que enquanto administrador de um porto assinava vencimentos de estivadores da ordem dos 5000 euros  por mês.

A realidade complica um bocado as coisas:

Por exemplo, um trabalhador da mais alta categoria da carreira – superintendente – poderia trabalhar 16 horas por dia, durante 22 dias seguidos, e mais 8 horas por dia todos os Sábados e Domingos do mês. Com esse horário, ele pode chegar a ganhar até aproximadamente 5.685.02€ (incluindo o subsídio de alimentação).

É ler este estudo de Alan Stoleroff, que desmonta a mentira. E quanto ganhava Ângelo Correia como administrador portuário, e  já agora, quantas horas trabalhava por mês?

Comments

  1. maria celeste d'oliveira ramos says:

    ngelo Correia é do mais nojento que há mesmo se tomar banho mas cheira mal atrvés do vidroda TV (aliás como Paulo Rangel – aquçlas pessoas que durante anos tomaram mal belho o o cheiro e sêbo permanece) – ma izia ângelo é o que não concora os os DIREITOS adquiricos exceptp para ele – que direitos serão e quantos e a que quê

  2. Mario Cunhal says:

    Estão estivadores estão a contribuir para mais pobreza, mais desemprego, mais empresas fechadas em Portugal, mais trabalhadores sem ter de comer. Mas os sindicalistas continuam a aparecer com bom aspecto (o Armenio Cunhal é um verdadiro Play Boy),, depois de umas boas refeições pagas pelos trabalhadores.
    Foi devido a estes comunas que a industria europeia foi parar ás ásias!!!!

    PRIVATIZEM e vejam o exemplo de Leixões!!!!!!!!


    • Queixe-se ao governo, único responsável por esta greve continuar. Ou você acha que é com escravos que o país sai da crise?


    • Se nao estou em erro, os estivadores apenas estao a fazer greve as horas complementares, ou seja, as horas extraordinarias! Nao me parece justo culpar os estivadores pela crise em que vivemos. Com certeza que o Governo ao nao chegar a um acordo com os estivadores devera ser por nao necessitar dos serviços deles!

      E concordo: privatize-se tudo. Veja-se o exemplo do BPN!!a

  3. Patriota says:

    Para os portugueses de “primeira”, que é como esses meninos estivadores se devem achar! Estão completamente desligados da realidade do país em que vivem e nós, o resto, sobrevive! Querem ficar à margem do sofrimento nacional que estamos a sentir na pele, ficando isentos dos sacrifícios do resto dos portugueses! Parabéns! Conseguiram fechar mais uma PME, no caso, a PME onde eu trabalhava, uma pequena empresa, que desde 2010 começou a exportar e para os mercados emergentes, fora da união (pouco) europeia. Uma empresa que tinha um controlo financeiro muito rigoroso, deixando pouca margem de manobra para aumento de custos com a logística para a exportação, fruto de um empenho em investir na sua modernização. A razão do fecho é simples, por termos que encontrar uma alternativa face à greve, cada contentor saía-nos mais caro aproximadamente 600Euros. Satisfeitos?! Um dia destes vão descarregar barcos de pesca quando afugentarem o trânsito para outros países.
    Afinal de contas, quais são os argumentos desta greve estúpida? Se não é intenção desta lei reduzir a remuneração? É sim, deixar de considerar trabalhadores portuários! Pois! Está visto! Argumentos não existem! Mas objetivos sim! Afundar Portugal! A extrema esquerda não serve! Assim como a extrema direita, nem a esquerda moderada, nem a direita moderada, nem os centristas, enfim, não me consigo rever em nenhum dos que povoam a “nossa” assembleia da “reprivada”.

  4. Contribuinte says:

    O “estudo” do sociólogo Alan não prova nada porque é ideologicamente orientado e, para atingir a conclusão que quer, não hesita em ocultar informação. Por exemplo, os turnos são pagos por inteiro ainda que só sejam trabalhados parcialmente. Daí as 1500 horas extras que conseguem descortinar. Mas é claro que isso não interessa nada para a conclusão do “estudo”…

Trackbacks


  1. […] por ano). Há quem diga que sabe quanto pode ganhar um estivador, não se saberá ao certo quanto ganha, mas é muito acima, mesmo muito acima da média Nacional de vencimentos. Fala-se em requisição […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.