Ao cuidado dos que defendem este governo

Aprendam, enquanto é tempo. Vai chover para o vosso lado, nenhuma polícia trava um povo, e a tropa não está do vosso lado.

Comments


  1. Ah! As grandes frases, tonitruantes…


  2. Há também um Povo que defende este governo. Um Povo que não gosta de tropas. Um Povo que tem andado calado, mas que pode também, a qualquer momento, saltar para cima de grevistas privilegiados. Porque faz menos barulho não é um Povo menor.


    • Esse povo deve existir, anda é tão calado que já nem responde às sondagens.

    • luis says:

      Onde eles andam? Eu gostava de saber quem é esse povo. Para lhes dizer na cara que são psicopatas, que não vêem o óbvio. Dizer que se querem empobrecer, que empobreçam, mas deixem os outros viver com dignidade. Se querem emigrar, emigrem, mas deixem os outros trabalhar, para que o país produza, não ricos, mas riqueza para ser distríbuida. Esse povo, deve ter tanta vergonha na cara, que nem de casa sai!

    • nightwishpt says:

      À quantidade de disparates que disparam em blogues defendendo o seu próprio empobrecimento, não se percebe de onde vem esse silêncio.

  3. Ainda penso says:

    Que alívio. Ainda bem que há um povo que defende este governo. Podem pagar a dívida, podem pagar os impostos mais elevados, podem entregar a casa ao banco, podem ficar desempregados, podem ficar sem dinheiro para pôr ou manter os filhos a estudar, podem ficar sem dinheiro para comida em casa e ir ter com o BACF e a “sta Isabel”, podem dar o resto do dinheiro que lhes sobrar aos bancos, às PPP e à Troica. Fixe. Se “esse povo” ficar com isto tudo o “outro povo” não se chateia nada e amigos como antes. Ou seja, concordam pagam. Que bom que era que só os que defendem e votam nos governos “levassem” com as medidas que eles tomam. Para mim, isto é que era Democracia a sério, cada um tinha o que escolhia. Assim somos obrigados a “comer todos por tabela”. Só mais um aparte; Essa do “outro povo” é muito má, mas mesmo muito má, só demonstra uma falta de formação ética e moral tremenda, para além de inexistência de inteligência emocional. Portugal é só um, os portugueses também deveriam ser uno, ou quer provocar uma guerra cívil?? Para o caso de não saber, é a pior guerra que existe.


  4. Peço desculpa pela ofensa em falar de povo. Já devia saber que só alguns podem falar de povo, misturar ameaças de tropa e, mesmo assim, parecer moral e eticamente superiores. Eu nao me sinto assim tao superior, nem me penso capaz de provocar guerras civis. Que sao tao más como as outras, porque todos os homens são irmãos. Menos, claro, para os do povo escolhido.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.