Dias de Luta Nacional


A dias de luto seguem-se os dias de luta. Depois do choque, mesmo que a morte tenha sido já anunciada, há sempre o choque, aquele impacto que ninguém quer sofrer, reerguemo-nos mais fortes. Sofre-se, chora-se, e depois arregaça-se as mangas, faz-se das tripas coração e segue-se em frente. Vai-se à luta.
No caso de todo um país descaradamente roubado, de uma nação que não tem mais para onde se virar, despojada de toda a esperança, temos que unir forças e lutar, lutar, lutar contra os barões e senhores que vão tentar manter-se no poder, agarrados que estão às cadeiras já desgastadas com as marcas dos seus anafados e ociosos traseiros com unhas e dentes, alternando as cores de forma promíscua, mas sempre olhando pelos interesses uns dos outros.
Temos que exigir uma nova constituição, novas leis, novas formas de agir para que os responsáveis por todos os desmandos e todos os atropelos sejam devidamente e exemplarmente punidos. Lutar para que os troikocordos sejam renegociados, as PPPciatas sejam congeladas, os direitos sejam devolvidos aos trabalhadores, aos reformados, aos doentes, às crianças, os investidores voltem a confiar em Portugal e na sua excelente e produtiva mão de obra.
Fazer um esforço, por muito grande que nos pareça, por muito que nos custe, para nos erguermos de novo como Nação grande que sempre fomos.
Temos que dar as mãos aos vizinhos, aos desconhecidos, apoiarmo-nos mutuamente. Todos juntos faremos uma grande bola de neve, imparável, cada vez maior, que só se deterá quando chocar de frente e derrubar os obstáculos que insistem em surgir-lhe pela frente.
Sim, a dias de luto seguem-se dias de luta intensa, inexorável. Lutar até cair. Lutar até eles caírem.
É urgente, é necessário engrossar os movimentos sem ligações partidárias que lutam pelo respeito dos direitos sociais. É vital unirmo-nos e gritarmos em uníssono que não queremos mais disto. Basta!!!!
E orgulharmo-nos sempre de quem somos, da nossa Bandeira, do nosso País.

Comments

  1. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Que mataram a esperança ?? Isso julgaram eles – que mataram a força ?? isso julgaram eles

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.