11 de Março de 1975

Muito bem explicado a quem não sabe.

Comments


  1. de 1975 (mão de 74)…

  2. eduardo soares says:

    Podia ser o sr JJC a explicar o 11.03.75, mas não recorre a um texto de opinião com muito pouca análise histórica. Mas já sabemos que a história só interessa quando posta a nosso favor…
    Tudo bem, está nas circunvuluções da direita falar do passado não o entendendo, ou aflita com a falta de heróis “à estado novo”.
    Agora não apreciar a música de José Afonso é de um PIRISMO MONUMENTAL (mas gostos são gostos). E não aceitar que quem gosta dela, a canta em público e lhe dá significado é um MONUMENTAL PIRISMO.
    Vou-lhe oferecer, com o patrocínio do continente, um par de bilhetes para o próximo tony carreira (tem desconto em cartão a utilizar até 25.11).


    • Eu a si vou-lhe oferecer a Cartilha Maternal do João de Deus. Com ela e com o Diário de Lisboa (há uma colecção online) aprendi a ler. Estou convencido de que o Eduardo Soares também lá chega.

  3. eduardo soares says:

    Do diário de lisboa recordo Mário Castrim, sobretudo do tempo do Juvenil. A cartilha, fique com ela; os bilhetes, não se esqueça: estão prometidos.Chegar não chego, isso lhe garanto: nem tretas, nem tony carreira !!!
    (em fundo um pirismo a esbracejar)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.