Despedir para privatizar

Por que razão tem que ser o Estado a gerir cantinas?

Basicamente porque fica mais barato. Os serviços públicos privatizados, por regra, encarecem e perdem qualidade. A razão é óbvia: os nossos empreendedores procuram o lucro garantido pelo estado, o estado é suposto que procura servir o público. Um exemplo: os serviços de limpeza, em grande parte entregues a uma empresário que entretanto foi detido por fraude fiscal.

Mas nada como despedir funcionários públicos e garantir mais umas rendas.

Comments

  1. Miguel says:

    Eu duvido que o serviço fique pior do que o da minha escola secundária.

    Até se comia vidro.

    • Maquiavel says:

      Quero ver provas disso.
      Mas descanse, agora os provados em vez de vidro servir-lhe-äo bosta misturada na carne picada.


  2. Acabam-se com os contínuos e colocam-se “Securitas”. Saldo para o contribuinte = Zero! – Eis a “reforma” do Estado…
    É que pensar, optimizar, gerir com bom senso, dá muito trabalho e não é para “meninos”…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.