Surf eleitoral

surfing-kids-580_30647a

Ontem a Marisa Matias esteve em Peniche e falou do surf, encarando-o como actividade económica e também sugerindo que entre nos programas escolares. Foi um fartote.

Tão unânime que, suspeito, vai já sair petição contra o windsurf, o montanhismo,  o ciclo-cross e o tiro com arco para saírem de imediato das actividades na natureza previstas nos programas do 3º ciclo do ensino básico, disciplina de Educação Física. Não faltava mais nada: ginástica, corridas e muito pontapé na bola é que são desígnio nacional.

Surf nem pensar.

Comments


  1. Antes do surf, o que deveria ser de facto obrigatória, era a aprendizagem da natação. Isso sim, era de valor, mas os tolinhos que nos governam, não querem saber, por isso, é deixar andar.

  2. Bento 2014 says:

    Campanhas eleitorais, uma inutilidade para comer papalvos. Uma única frase servia para todos se apresentarem: -Olhem para o que eu fiz e meçam bem como faço ou o que seria capaz de fazer se me dessem rédeas-.

  3. Mónica says:

    É um facto visível para todos os que habitem em Peniche que nos últimos anos o surf tem ajudado e muito a trazer turistas (muitos deles estrangeiros e com mais poder de compra) para a terra. Há já diversas escolas de surf que funcionam o ano inteiro. Os professores de Educação Física das escolas de Peniche já têm incluido atividades ligadas ao surf durante o tempo de aulas. Ensinar natação também já consta dos currículos de algumas escolas, assim exista piscina municipal e acordo entre a câmara e as escolas. Portanto o que a candidata do BE disse não é novidade nenhuma nem compreendo o espanto que parece sobressair do post.


  4. Eu exijo sur nas ESCOLAS públicas e privadas em Vizeu e sobretudo Bragança- e em Castelo Branco e em Elvas – etc

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.