Estupidificação social-democrata

MAC

Costuma dizer-se que a estupidez tem limites, mas a sabedoria popular, tal como a honestidade e a ética, parece ter perdido o seu espaço na actual cadeia de comando do PSD.

Marco António Costa, destacado líder do PSD, homem forte de Pedro Passos Coelho, suposto líder de uma rede tentacular de tráfico de influências e péssimo gestor publico que contribuiu de forma decisiva para o afundamento das contas da autarquia de Gaia, uma das mais endividadas do país, foi à Universidade de Verão falar com os seus jotas. Terá sido workshop sobre alpinismo político? Não sabemos nem interessa muito para o caso.

O que interessa mesmo é olhar para a citação absurda que o PSD decidiu partilhar na sua página oficial com a legenda “O voto dos jovens portugueses tem uma importância preponderante no futuro de Portugal“. Chegados ao primeiro momento de estupidificação, a dúvida que se coloca é esta: será que o voto dos jovens é mais preponderante que o voto dos adultos ou dos idosos? Não têm todos os votos igual valor? Fico na dúvida se isto é só estúpido ou apenas uma tentativa de bajulação parola em linha com a lógica de dividir para reinar que se tornou imagem de marca desta gente.

Mas mesmo estúpida é a citação principal, tão estúpida que coloca este acto de comunicação no campo do patético e do ridículo onde gravitam os trolls que fazem a parte suja do trabalho. Afirma então Marco António Costa, afirmação com a qual a direcção do PSD é conivente, caso contrário não a teria partilhado na sua página oficial, que o país não tinha futuro há quatro anos atrás porque os jovens que agora completam 18 anos de idade não tinham “oportunidade de expressão do seu voto“. Não consigo verbalizar o quão estúpida é esta espécie de raciocínio, provavelmente decorrente de algum tipo de filosofia social-democrata imperceptível a mentes menos hábeis como a minha. Só lamento que estes jovens não tivessem estado cá há 4 anos atrás, de Cartão de Cidadão na mão e prontos para deixar o seu voto na urna. Tivesse isso acontecido e o país, ao invés da situação social catastrófica que enfrenta, viveria hoje um presente risonho e as filas para a sopa dos pobres teriam sido suprimidas por falta de procura.

A segunda parte da citação do Big MAC é igualmente estúpida. Diz o arruinador financeiro de autarquias que hoje, podendo os tais jovens que agora completam 18 anos votar – a que acrescenta a possibilidade de “participar democraticamente na definição do seu futuro“, algo que não corresponde á verdade na medida em que, se o cenário de 2011 se repetir, alguns destes jovens poderão votar no PSD a pensar que estão a definir para o futuro a diminuição da carga fiscal quando na verdade está a sufragar um aumento brutal da mesma – que o seu voto tem ainda mais importância. Mas mais importância do que o quê? Do que o voto que não tinham em 2011? Exactamente o que é que isto quer dizer? Será que alguém lhe perguntou ou terá a audiência ficado estupidificada com a constatação absurda deste grande gestor de homens de mão e embevecida com o elogio do poder de voto que agora têm, por comparação ao poder de voto que em 2011 não tinham? E estúpido demais para uma pessoa normal perceber. Campanhas de gente desesperada e sem escrúpulos tem destas coisas.

#estupidezàfrente

Comments

  1. Luís Lopes says:

    Mas será que não há limites para a estupidez no seio do PSD? Sabemos que no que à corrupção diz respeito, eles já provaram que NÃO existem quaisquer limites, pois até foram premidos com um candidato eleito para Belém que deu todo um novo alento à corrupção organizada no seio do PSD/CDS-PP como seu padrinho incondicional. Para quando a JUSTIÇA devida ao POVO?

  2. Se calhar é um velho cartaz de 1978.

  3. Aventanias says:

    Não admira, pois, que até aqui no Aventar apareçam uns bloggers estupidificados, como é o caso do mais que básico Paulo Vieira da Silva.

  4. Manuel Santos says:

    Ó gentes!, sejais exigentes… que com certeza gentinha desta estirpe desaparece do mapa político. E aproveite-se a exigência para fazer com que desapareçam do mapa (político) estas ‘universidades, acampamentos e outras tretas’. Atentem na qualidade dos formadores (BigMAC?!… efeitos se calhar do AO90) e pensem que aqueles(as) imberbes e borbulhentos(as) formandos(as), ensinados(as) [questões de género] por eles, poderão vir a ser os governantes deste sofrido e masoquista País. Sejai exigente… gente. Eu não comprava, ou trocava, seja o que for com esta gente (BigMAC…, deve ser por causa do AO90). Já agora, ‘ó PàF’s’, deixem de insultar nas redes sociais quem se recusa a ‘tirar-vos o escalpe’, porque vocês não têm nada nessa cabecinha, apenas por isso. Mas, tarde ou cedo, nós (Povo) trataremos de vos colocar no lugar que merecem (numa ‘pocilga’) e de que de onde nunca deveríamos ter permitido que saíssem. O ‘Ultimato inglês’ tramou-nos, mas agora nós (Povo) vamos dar uma lição aos ingleses e dizer-lhes que o Churchill deles estava enganado porque Portugal já não vai ter estas abencerragens a governar-nos… nem que mais tarde venha outro inglês dizer que ‘Portugal tem os governantes que não merece?… Antes assim do que assado – porque assados já estamos… com tantos BigMAC’s.

  5. Ana A. says:

    Se calhar o Big Mac andou a estudar/consultar os censos de 2011, e constatou que o “boom” dos aniversariantes de 18 anos se verifica este ano, tipo um “baby boom” dos finais do século XX, e perante tal facto há que exortar esta enorme mole jovem a votar, pois não se sabe quando é que novo fenómeno irá acontecer, assim tipo passagem do cometa Halley!

  6. j. manuel cordeiro says:

    O cartaz é bom.

    Começa logo com uma cacetada na gramática. “Há quatro anos atrás”. Ou é “Há quatro anos” ou é “Quatro anos atrás”.

    Por isso o cartaz é um bom exemplo do colossal erro que foi este governo. Começa logo ao que vem: em erro.

  7. O MAC queria enaltecer a obra social democrata dos últimos quatro anos, com certeza, e incentivar a produção de jovens eleitores (sabe-se lá como!), preparando o terreno para a apresentação do cartaz que enunciará o que vai suceder “Há quatro anos à frente”. Eh eh eh eh eh eh…!!!
    Rir é sempre o melhor antídoto para qualquer picada de estupidez.

  8. Niko says:

    Quando é que prendem este gajo?

  9. Temos ouvido nos telejornais verdadeiras pérolas. Ao pé disto, um vendedor de banha-da-cobra que visitava anualmente a feira lá da minha terra é um preclaro intelectual. Mas o que é sintomático é que chamem a isto”universidade”.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.