Ai meu Deus que lá se vai o défice de 2014!

Crise na China atrapalha a venda do Novo Banco” [Expresso].