Olhares sobre as legislativas 2015: Hay gobierno? Se hay soy contra

Ana Cristina Leonardo

Diz que sacou de um crucifixo. O Passos. Na recta final, enquanto distribuia beijinhos por velhinhas acamadas e jurava que tinha muita fé nas pessoas (já a Cristas era mais fé que chovesse mas não me lembro se realmente choveu). Há dois anos, coube a Portas agradecer a “intervenção de Nossa Senhora” a respeito de uma coisa qualquer que metia marés e petroleiros.

[Como diria o António Nobre: “Georges! anda ver meu país de Marinheiros, / O meu país das naus, de esquadras e de frotas!”]

Cavaco, ainda em 2013, garantia que a avaliação positiva da troika fora “inspiração de Nossa Senhora de Fátima”, remetendo a convicção para a mulher, ilustre ajuntadora de presépios e em calhando de naperons da Vasconcelos. A Vasconcelos dá no Costa. Que “a cultura apoia António Costa”. E quem também (culturalmente) o apoia é a Iva. My name is Iva. Iva Domingues. Quem é? Não faço a menor ideia.

Estou com gripe e os russos bombardeiam a Síria (coincidências sérias). Abrevio. Invoco Régio, o Villaret que me perdoe: “Não sei por onde vou, / Não sei para onde vou /Sei que não vou por aí!” Cruzes! Canhoto! E Deus nos dê paciência.
separador aventar
“Olhares sobre as legislativas 2015” é uma série de perspectivas diferentes, políticas ou não, num espaço de temática marcadamente política. Escreva-nos.

Comments

  1. Nascimento says:

    Sempre grande esta senhora!!! Também estou com gripe e vejam se a convidam para este blogue! Faz falta aqui. Entretanto vou ver o que dizem as SONDAGENS….. estou excitadíssimo,ui.