Enterradas as legislativas, venham as presidenciais…

-Obviamente que irei nas presidenciais repetir a abstenção de ontem. Não me revejo em regime semi-presidencial. Preferia um regime presidencial, com presidente eleito por sufrágio directo e universal, que formasse executivo sem poder legislativo. Este deveria ficar reservado ao parlamento, preferencialmente com deputados próximos dos eleitores, mais dependentes destes que do aparelho partidário, manifestando fidelidade canina ao líder de turno. Uma vez que tudo isto é miragem, pouco ou nada me interessa saber a quem os portugueses arrendam o bonito palácio pintado em tons rosa, situado nas imediações dos Jerónimos e Antiga Fábrica dos Pastéis de Belém…

-Mas em breve análise ao resultado verificado ontem, constato que Sampaio da Nóvoa perdeu qualquer hipótese, Maria de Belém pode agora capitalizar o natural descontentamento nas hostes socialistas com os erros de António Costa e trupe que o acompanha. Se passar à 2ª volta até pode conseguir que os partidos à esquerda do PS engulam sapos para evitar a vitória do candidato natural da coligação, Marcelo Rebelo de Sousa, por mais que desagrade à dupla Coelho/Portas. Rui Rio não tem neste momento qualquer condição para avançar, pelo que as cartas estão na mesa…

Comments

  1. Nightwish says:

    Não votes que a gente agradece.

  2. José Povinho says:

    Se marcelo se candidatar à Presidência, talvez fiquemos a saber coisas da vida privada dele: Como por exemplo, o PEDÓFILO que ele é!!!

    • Ausente52 says:

      ha mais candidatos á presidencia da republica mas a CS só embala o marcelo antes de ele se candidatar. Porque será?
      Será para safar o R. Salgado?
      Já passou a febre do Novoa?
      E o H. Neto, Paulo Morais e R.Rio não são considerados?
      O povo deixa-se conduzir como se fosse invisual sem o guia “Labrador”.

  3. Nascimento says:

    Mas este gajo ainda rabisca aqui? Um abstencionista?Um cobarde? Dass….