Longe vão os tempos

em que o primeiro-ministro nos exortava a não sermos piegas, a emigrar e a sermos poupadinhos. Mudam-se os tempos, mudam-se os conselhos, não é mesmo António?

Comments


  1. Pobre País,mas mais pobres são os que não querem mesmo vêr.Então agora que nos estamos mesmo a afundar,não é de querer que emigração vai mesmo aumentar?O povo para já ainda é livre e até se pode movimentar pela Europa procurando melhorar a sua vida e adquirindo o conhecimento e a mobilidade no trabalho que nos querem incutir que é maléfica.Pobre gente.