Eleições no Sporting: O milagre da multiplicação


18 755 votantes, 83 244 votos. Este é que é o verdadeiro milagre.

Comments

  1. Manuel Torres daSilva says:

    Sempre a favor da desmontagem de uma falsidade-erro de contas do CM de hoje (deve ter sido da pressa, porque os resultados só foram divulgados cerca das 3 da manhã).
    Ao autor do post ficava-lhe bem ter dito que os 86,13% de votos em BdC não correspondem a 86,13% dos sócios que tinham as quotas de Fevereiro em dia (cerca de 43.600), mas sim a um número bem inferior, visto que houve sócios votantes com direito a mais que um voto. Exemplos? Um para amostra: Jorge Jesus, com 40 anos de inscrição, tinha e tem direito a 11 votos.
    Declaração de interesse: não era nem podia ser sócio votante.

  2. Sempre a favor da desmontagem de uma falsidade-erro de contas do CM de hoje (deve ter sido da pressa, porque os resultados só foram divulgados cerca das 3 da manhã).
    Ao autor do post ficava-lhe bem ter dito que os 86,13% de votos em BdC não correspondem a 86,13% dos sócios que tinham as quotas de Fevereiro em dia (cerca de 43.600), mas sim a um número bem inferior, visto que houve sócios votantes com direito a mais que um voto. Exemplos? Um para amostra: Jorge Jesus, com 40 anos de inscrição, tinha e tem direito a 11 votos.
    Declaração de interesse: não era nem podia ser sócio votante.

  3. Manuel Torres da Silva says:

    Milagre seria, se o autor do post tivesse pensado um bocadinho.
    Então, não sabe que um só sócio, dependendo do nº de anos de inscrição, pode ter direito a mais que um voto?
    E, por isso, pode acontecer que o úmero de votos seja largamente superior ao número de sócios que votaram?

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      O autor do post sabe que os sócios mais velhos têm direito a mais votos. Por saber é que escreveu o post. Ironia, já ouviu falar?

  4. Konigvs says:

    Os clubes de futebol são instituições como um sistema eleitoral tão evoluído que até a democracia americana seria mais fácil de explicar!

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      É isso. Um sócio, um voto. Um sócio, 5 votos. Todos diferentes, todos iguais. Olha se se lembram de fazer isso nas eleições legislativas.

      • Manuel Torres da Silva says:

        Escrever o post, sem a explicação que veio a dar, pressionado pelo artigo 20º do estatutos do SCP, é o mesmo, na minha opinião, que atirar uma atoarda para o ar, como fez o CM de hoje ao referir os mesmos números, SEM OS EXPLICAR.
        Giro mesmo foi falar no milagre…
        Qual é o clube de futebol que não tem normas idênticas a esta, pode apontar um que seja?
        E que mérito têm as eleições legislativas, nesta matéria, onde o eleitor é chamado a escolher sujeitos que os dirigentes do partido “impingem” aos eleitores, segundo uma certa ordenação pré-escolhida, conforme a relação de forças do momento?
        Não me diga que prefere.

        • Orlando Sousa says:

          Futebol Clube do Porto, já ouviu falar? Um sócio um voto. Seja sócio há um ano seja sócio há trinta anos.

          • Manuel Torres da Silva says:

            Sim, já ouvi falar no Futebol Clube do Porto.
            “Um sócio um voto. Seja sócio há um ano seja sócio há trinta anos.” Está, sim, no artigo 26º dos estatutos, que são consultáveis “on line”: http://www.fcporto.pt/pt/clube/Documents/Estatutos%20FC%20Porto.pdf.
            Não sabia, agradeço.
            Mas olhe que, na questão das eleições legislativas, nem sequer há associados a pagarem quotas ao clube, a não ser “a posteriori”.

          • Manuel Torres da Silva says:

            Saiba que, entretanto, me vi confrontado com uma alteração ocorrida em 2015 (há cerca de dois anos, portanto).
            Fiquei a saber que, por deliberação de uma assembleia geral extraordinária de 26 de Março de 2015, “foi aprovada a mudança de um para cinco anos de filiação mínima para um candidato aos órgãos sociais e, quem quiser ser presidente, terá de ser sócio há dez anos, de forma ininterrupta.”
            Fonte: http://www.maisfutebol.iol.pt/estatutos/liga/fc-porto-mandato-presidencial-passa-a-durar-quatro-anos.
            Pelos vistos, decidiram arrepiar caminho e seguir os bons exemplos alheios. Estou certo ou estou errado?

          • Um único candidato há trinta anos Orlando. Este sistema eleitoral foi incluído no artigo 20, ponto 3 no sentido de evitar que apareça como candidato um maluco qualquer com terceiras intenções munido de novos associados para o eleger e ter carta branca para destruir a Instituição. A explicação é simples.

  5. Rui Naldinho says:

    Ao Sporting falta-lhe um Presidente que perceba de “fruta”, mas da boa, seja ela nacional ou estrangeira, nomeadamente como levá-la à porta dos seus “clientes”, caso contrário nunca seráo campeões nacionais de futebol.
    Se Madeira Rodrigues este homem, e eu até teria votado nele:

    Assim, fiquei por casa, à espera que haja um milagre, venha ele da Teodora ou da Lúcia.

    • Ricardo Ferreira Pinto says:

      O conteúdo do post tem a ver com o facto de, no Sporting, 1 sócio não corresponder a 1 voto. Apenas isso. Se quer desconversar, procure outro sítio por favor.
      Agradecia-lhe que não voltasse a comentar os meus posts.

  6. Ricardo Ferreira Pinto says:

    Acho que devia ser um sócio, um voto, como é no Porto e não é no Sporting nem no Benfica. Nunca concordei.
    E também acho que todos os sócios deviam poder concorrer aos órgãos sociais, independentemente do tempo de filiação. E se Porto, Sporting ou Benfica impõem limitações, acho mal, embora neste caso compreenda a razão.

    • Luís Filipe Vieira chegou a ser sócio dos 3 grandes em simultâneo, segundo o próprio era sócio do Sporting para usar a piscina, do FCP não sei as razões…
      E sem limitações, infiltrar 500 ou 1000 votos não será muito difícil. Não conheço uma única eleição no Sporting em que o vencedor tenha tido menos votantes e mais votos. Mas sim, pode acontecer um dia destes, mais eleição menos eleição. Uma solução poderia limitar a participação a quem tiver 2 anos de filiação e quotas em dia. Este último pressuposto já é obrigatório. Seria assim mais difícil uma eventual tomada do clube por compra de votos…

  7. lutador2 says:

    Então só ganha quem os velhos quiser. Rica Democracia.

  8. Manuel Torres da Silva says:

    Atenção à “democracia” que veio trazer para esta discussão: a qualidade de sócio que se funda no dinheiro nada tem a ver com “democracia”. É assim nos clubes desportivos e, já agora, também nos condomínios.
    A “democracia” é outra coisa.

    “Uma solução poderia limitar a participação a quem tiver 2 anos de filiação e quotas em dia. Este último pressuposto já é obrigatório. ”
    Eu só conheço o nº 3 do artigo 20º dos estatutos do Sporting, que exige a qualidade de sócio do Clube há “pelo menos doze meses ininterruptos e que tenha, de acordo com a lei, atingido a maioridade.” A regra do ano consecutivo prévio é comum a outros clubes.
    Dois anos prévios, para quê? Para limitar o número de assaltantes (aos velhos)?
    E então? Não seria esse um sinal de vitalidade?
    Porquê sócios tidos como vitalícios e donos de votos?

  9. Konigvs says:

    Daqui a nada vão todos chegar à conclusão que os clubes deveriam ter “Primárias” em que qualquer pessoa, mesmo não sendo sócia do clube em questão, poderia votar, bastando para isso que se comprometesse não ser sócia doutro clube. Aliás, o que não faltam para aí, são clubes presididos por homens, que até são doutros clubes desde pequeninos.

    HOMENS! O que eu fui dizer. A Liga deveria também, já agora, obrigar a 50% de quotas de mulheres na presidência dos clubes da primeira Liga, para cumprir a regra da inclusão!

  10. A “isto” chama-se democracia. Sempre pensei que democracia fosse, um eleitor, um voto. Só na tropa é que a antiguidade era um posto.

  11. martinhopm says:

    Fado (ou fome?), futebol e Fátima?
    Quanto é que embolsa por época o Jajuzze? E paga impostos sobre o que recebe?

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s