A Geringuejola PS/CDS-PP


Estava eu a tomar café e a ler a posta do Carlos, que sendo um indivíduo da Invicta conhecerá os meandros da sua autarquia melhor que eu, e dou por mim confrontado com algo que já tinha lido por aí. Que o presidente Rui Moreira é na verdade um boneco articulado do PS Porto e do senhor Pizarro. Será mesmo?

Parece-me bizarro que um indivíduo como o senhor Pizarro tenha tamanho ascendente sobre Rui Moreira, o super-“independente” que limpou a câmara do Porto ao PSD, apoiado por uma Geringuejola PS/CDS-PP. Mais bizarro ainda me parece que o CDS-PP, tão anti-esquerda e actualmente a roçar a extrema-direita, aceite continuar a apoiar um candidato alegadamente manietado pelos perigosos socialistas. Aceite? Esperem, não fiz jus à coisa. O que realmente aconteceu foi uma decisão unânime da concelhia centrista do Porto, que fez uma “análise globalmente positiva” do trabalho do autarca. Do autarca ou do PS?

Portanto temos um presidente, acusado por muitos de ser um puppet do PS, que consegue a proeza de ter o apoio do partido com representação parlamentar mais à direita que por cá temos, que de resto é o partido que está com Rui Moreira desde o primeiro minuto, e que, a julgar por aquilo que o Carlos (e não só) escreveu, se submete dócilmente aos abusos socialistas que fizeram dele um refém de uma estranha Geringuejola autárquica que governa o Porto, que, visto pela perspectiva deste morador da ultraperiferia da AMP, está cada vez melhor (mas eu só lá vou uma vez por mês ver as montras). Há coisas fantásticas – no “arco da governação” – não há?

P.S: O Dr. Santos Almeida é que a sabe toda: é tudo uma cambada de camaradas radicais de esquerda.

Foto via CDS CPC Porto

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Os votantes que elegeram Rui Moreira nas únicas eleições ás quais ele concorreu para a autarquia portuense, foram na generalidade do PSD e do CDS. Os socialistas votaram em Pizarro, e não em Moreira. O posterior apoio do PS a Rui Moreira está naquela linhada raciocínio de Carlos Carreiras para a autarquia de Lisboa:
    ” o que interessa é que o PSD não ganhe as eleições no Porto”
    Mas há uma diferença na abordagem de ambos os partidos. Uma racional, a outra sobranceira. Uma imagem, afinal, daquilo que são hoje, os dois partidos e as suas lideranças.
    O PS assume-o, e apoia Moreira sem reservas, sabendo que as suas hipóteses de ganhar sozinho são remotas. O PSD não assume, e em vez de apoiar Cristas, apoia Leal Coelho, correndo o risco de ficar em terceiro.
    Segundo, e passado. Há um PSD que nunca aceitaria ter Filipe Menezes como Presidente da Autarquia Portuense, por motivos vários, que me escuso repetir.
    Ainda há dúvidas sobre isso?

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s