Há um je ne sais quoi de Bento em Deschamps

E vice-versa!

Ambos foram médios. Raçudos e bons. E carregadinhos de mau feitio. Paulo e Didier, que até iam mudando de penteado com a idade, foram internacionais enquanto jogadores, nunca se lhes apontou grandes sequelas que a inteligência lhes tivesse outorgado, mas sempre foram considerados, por quem com eles viveu no campo e fora dele, pessoas honestas, de dar o litro. Havia até quem os considerasse frontais, até houve quem vendesse a imagem de que eram solidários, ao ponto de darem tudo pelo semelhante, desde logo a figura do jogador de futebol. Eram uma espécie de sindicalistas, defensores da classe. O que me parece uma extrapolação perversa, mas não sei.

Agora, o que ressaltou ultimamente é que ambos têm ódios de estimação, defendem-se bem dentro de uma clique de “amigos”, mas o grupo não pode nem ser grande nem prolixo, e, quanto menos egos, melhor. [Read more…]

Via Sacra

viasacra_tadimEm Tadim.

Apontamento em sábado de Carnaval

Se não fosse a RTP nem me apercebia que é Carnaval, tão ausente essa tradição está do Canadá inglês. Assim, tomei o pequeno almoço ao fim da manhã e de seguida fui ao cineminha do meu bairro ver O Filho de Deus, ontem estreado, confesso que curiosa de ver Diogo Morgado num filme sério de grande fôlego. Gostei, da interpretação dele e do filme. É natural, sou cristã, o filme sensibilizou-me. Mas se o não fosse, ninguém me poderia tirar a simpatia e o orgulho  por um compatriota jovem que, a exemplo de milhares doutros, teve de rumar ao estrangeiro porque na Pátria os chamados poderes públicos são exercidos por gente ignara, bronca, tosca, que tem vindo a espezinhar tudo quanto lhe cheire a Cultura, a Ciência, a Pensamento. Oxalá todos os nossos jovens encontrem a sua hora de oportunidade no estrangeiro. Ao menos isso.
[Read more…]

Carteira escreve-se com dois rr

Al Ahli vai «enriquecer a minha carreira» (Ricardo Quaresma)

No futebol também tivemos heróis

A propósito da primeira final da taça de Portugal, parece que algumas boas almas se abespinharam com a constatação de que na época os jogadores eram “convidados” a praticar a saudação fascista em jogos oficiais.
Na realidade nem todos o fizeram. também no futebol tivemos homens de coragem. Exemplo máximo: o jogo entre a selecção portuguesa e a selecção falangista realizado a 30 de Janeiro de 1938.

Sabes Alemanha, no futebol a conversa é outra

Sabes Alemanha, o futebol pode fazer em 90 minutos aquilo que nos fazes todos os dias. Temos umas contas a ajustar, num relvado de dois países que têm sido teus súbditos no intervalo de o serem da Rússia.

Com o cigano Quaresma e o madeirense Ronaldo na forma em que estão, tudo gente de povos inferiores, daqueles que desprezas todos os dias, corremos contigo do Euro. O Nani pode ficar como suplente de luxo.

Sabes Alemanha, no jogo dos pobres, os ricos também perdem.

No vídeo os dois golos do Quaresma no último fim de semana. Duas obras-primas.

“Jesus, traído por Judas, é preso”

Aconteceu hoje, frente à estação dos Correios em Tadim.

Festas dos Passos

Em Couto de Cambeses desde o Séc. XVII (?).

Quaresma no Vale D’Este

Solenidades do Senhor dos Passos, Couto de Cambeses (Barcelos). Hoje.