Memórias da Revolução – 3 de Abril de 1974


O «JN» de 3 de Abril de 1974 noticia a morte do presidente francês Georges Pompidou após algumas semanas de doença. Entre 1962 e 1968, foi primeiro-ministro francês, passando a ocupar o lugar de Presidente da República a partir de Julho de 1969. A sua morte provocou de imediato uma disputada corrida à sucessão.
No «JN» deste dia, fala-se ainda do exorbitante preço dos livros e do caótico trânsito na cidade do Porto.
Logo à noite, no Estádio da Luz, a Selecção Nacional vai defrontar a Inglaterra em jogo particular.
Faltam 22 dias para a Revolução.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Ricardo, este trabalho é muito meritório.

  2. Helena Velho says:

    Ricardo, eu quase que só me lembro das lágrimas incontidas de meu pai e de me irem buscar ao colégio…e que uns dias depois a alegria se instalou. Este seu trabalho é maravilhoso. Porque a memória do País é demasiado selectiva, para não lhe chamar outra coisa.

  3. Ricardo Santos Pinto says:

    Obrigado, Helena Velho. Ainda não lhe tinha dado as boas-vindas. Também vou à sua casa muitas vezes.Quanto ao 25 de Abril, infelizmente, não me lembro de nada. Tinha acabado de fazer três anos.

  4. Luis Moreira says:

    Eu ainda andava com os pesadelos de quem esteve na vida militar quase quatro anos. Mas fico muito contente em saber que as gerações a seguir já não sofreram o que a minha sofreu.Graças ao 25 de Abril!


  5. tgdhchg

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.