POEMAS DO LUSCO-FUSCO

Este amor

preso à proa de um barco

guardado por muralhas de fogo

onde encerro a tua virgindade

é vento que me leva para o mar azul

onde livremente se espraia

a tua nudez intacta.

Deixar uma resposta