Diálogo : Quem apoia o meu programa ?

Como ninguem apoia o meu programa, apesar dos esforços continuados no diálogo e do braço estendido, sou obrigado a governar sòzinho, o que é uma instabilidade, só por si. Instabilidade atribuível na sua totalidade aos partidos da oposição que não aceitaram o meu programa, o meu diálogo e o meu braço estendido!

Naturalmente, que ninguem está à espera que eu governe com os programas dos outros partidos que perderam as eleições! Ou é de esperar? É de esperar, isso sim, que os outros partidos apoiem o meu programa que ganhou ! Ou não? Por isso estendo o meu braço e proponho o diálogo. Quem quer apoiar o meu programa?

Aceito coligações e apoios quer a nível governamental, quer a nível parlamentar, para poder executar o meu programa. Por isso, disponho-me ao diálogo, e estendo o meu braço a todos os partidos para apoiarem o meu programa. Sem hesitações, sem preconceitos e com a maior das transparências. Todos serão bem vindos para apoiarem o meu programa!

Não obtendo consensos quanto ao apoio do meu programa, avançarei com um governo só do meu partido, esperando que os partidos da oposição apoiem o meu programa e se disponham ao diálogo e aceitem o meu braço estendido!

É essa a sua tarefa patriótica, apoiarem o meu programa!