O desperdício e a solidariedade

Esta ideia de aproveitar o que a sociedade do desperdício deita fora, para ajudar muita gente necessitada, é uma ideia maravilhosa.

 

Estas grandes  ideias nascem porque há pessoas que se preocupam com os desafortunados,pensam neles todos os dias, procuram soluções. Não é com os chás dançantes nem com a caridadesinha que se resolvem estes problemas. Ter a ideia e estruturá-la, arregimentar boas vontades, coordenar acções, dá muito trabalho. É preciso amor ao próximo, determinação, passar a ter disponibilidade  total, para todos os dias se aproximarem de quem vive nas ruas.

 

As multidões que dia a dia, afanosamente, enchem sacos e carrinhos , perdem tempo nas filas das caixas dos hipermercados,  deixam para trás o que será  aproveitado, pela solidariedade, para ocorrer  à miséria que a sociedade  da abundância, paradoxalmente, cria.

 

A esperança no ser humano dá novas razões para acreditar!

Deixar uma resposta