Obrigado Carlos Queirós

É hoje o sorteio da fase final do Campeonato do Mundo da África do Sul. Com quem vamos jogar? Não interessa.

Para já, devemos agradecer a Carlos Queirós. Porque vamos ao Mundial.

Sem a fantochada das bandeiras nas casas e nos carros.

Sem a palhaçada das Nossas Senhoras dos Caravaggios, das rezas e dos santinhos.

Sem precisar de atiçar contra um clube toda uma nação.

Sem precisar de hostilizar símbolos do nosso futebol.

Sem precisar de «inventar» outros jogadores para a mesma posição dos hostilizados.

Sem precisar de idolatrar quem sai e regressa quando lhe apetece.

Sem precisar de andar ao murro aos adversários.

Sem precisar da parolada do discurso e do fato de treino.

Estamos onde queremos sem ter precisado de nada disso. É por isso que hoje, dia do sorteio para a fase final, só me ocorre mesmo dizer «Obrigado Carlos Queirós».

 

Comments


  1. Vamos a ver o que nos cai na rifa…

  2. Andrade says:

    Concordo com quaze tudo.No entanto devo dizer que não acho fantochada as bandeiras
    de Portugal, pois elas representaram a alegria de um povo, que quiz demonstrar ao mundo que o nosso futebol afinal existia.Será que
    os brasileiros estão errados?Ou então porque
    vamos para a rua quando o nosso clube ganha
    o campeonato?Não será mais fantochada os
    que andam diariamente com a camisola vermelha por tudo quanto é sitio?
    Boa sorte Carlitos, tal como eras conhecido
    na nossa Nampula.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.