Ambições ou porque é que os humanos nunca estão contentes

 

“Se tivesse o corpo dela”

“Se tivesse os diamantes dela”.

“Se tivesse o dinheiro dele”

“Se tivesse a mulher dele”

Comments


  1. Um dos segredos da vida é dar valor ao que se tem…a não ser assim andamos sempre a ambicionar o que não temos!

  2. Adalberto, Dalby says:

    Sim, Ricardo («Ricardo, sim ‘Ricardo’,  e nao ‘jose freitas’ pois respondo a uma sugestão dele para ver este post), já tinha lido. Obrigado. Sim sofro deste mal secular…nada a fazer….também sei contentar-me com pouco mas simultaneamente desejar o impossível e o que nunca tenho. Mas é nessa mescelânia de coisas que os sonhos avançam… Mas também, por exemplo, posso revelar-te algo que me coloca fora deste grupo: por exemplo..o meu pai nos anos 70′ tinha 3 carros, dois deles eram mercedes. Divorciou-se , e eu, de mercedes desci na escla e passei a andar de autocarro no inicio dos anos 80′. Em vez de um grande pocket money passei a trabalhar/estudar…E em vez de continuar a estudar e ir para a Suiça fazê-lo, passei a estudar na UP  com bolsas todos os anos. Isso coloca-me ainda neste grupo?? Francamente não..adaptei-me ao que ia tendo, ia vivendo…. Agora que invejo saber as conversas do Vara e do Sócrates sobre o que estes discutiam e chamavam ao Cavaco ai isso invejo..mais do que a sra em cima no boneco. dal

  3. maria monteiro says:

    ambicionei não haver chuva mas lá me adaptei e foi uma saudável vadiagem